Na dúvida, vá de primitivo

31 julho, 2014  |  Vinhos  |  Sem Comentários

(foto: Sheila Oliveira/Empório Fotográfico)

Por Suzana Barelli

Os tintos italianos elaborados com a uva primitivo foram uma grata surpresa na degustação para a edição da Menu, que está nas bancas. São tintos bem elaborados, agradáveis e de preço acessível. O sucesso da prova, na qual o Ghenos Primitivo di Manduria, vendido por R$ 71 pela importadora La Pastina, foi o vencedor, motiva a saber mais sobre esta uva. O teste abaixo ajuda a entender um pouco mais esta uva – as respostas estão no final.

Leia Mais

Viva o Peru!

29 julho, 2014  |  Eventos, Receitas, Restaurantes  |  Sem Comentários

O ceviche do Huaco

Da redação da Menu

A independência do Peru, declarada em 28 de julho de 1821, também é celebrada em dois restaurantes em São Paulo. O La Mar apresenta no almoço e no jantar até 3 de agosto o menu Fiestas Patrias, com direito a entrada, prato principal e sobremesa, por R$ 80. Entre as opções estão as causas limeñas ao ají amarelo com recheio de abacate e frango desfiado para começar, o ají de gallina (guisado de frango com ají amarelo, batata cozida, azeitonas pretas e ovo) como prato principal, e o suspiro limeño de doce de leite com lúcuma e merengue de vinho do Porto para fechar a refeição.

Já o Huaco Restobar comemora a independência peruana em 30 de julho com um festival de comida de rua do país. Serão instaladas barraquinhas nos jardins do restaurante, onde serão servidos petiscos como ceviche clássico (peixe branco com leche de tigre, R$ 15) e anticuchos de corazón (espetinho de coração de boi, R$ 15). Drinques com pisco são outro destaque da festa, entre eles o coca sour (pisco, limão e calda de folhas de coca, R$ 15).

Quem não puder ir, faça sua festa peruana em casa com a receita de ceviche do chef Christian Bàscones, do Huaco.

La Mar Cebicheria Peruana

rua Tabapuã, 1.410 – Itaim Bibi (veja no mapa)

(11) 3073-1213 – São Paulo – SP

www.lamarcebicheria.com/sao-paulo/

Huaco Restobar

rua Fradique Coutinho, 832 – Pinheiros (veja no mapa)

(11) 3969-3893 – São Paulo – SP

ceviche de peixe

Por Christian Bàscones, do Huaco Restobar

600 g de filé de peixe fresco, sem espinhas (pode ser robalo, saint peter, tilápia)

1 cebola roxa média

4 limões

1 dente pequeno de alho

1 talo de aipo

1 pimenta dedo-de-moça a gosto

sal, pimenta-do-reino, gengibre e coentro a gosto

1 batata-doce

água quanto baste

ceviche cozinhe a batata-doce em rodelas (pode agregar um pouco de açúcar na água fervendo). Corte o peixe em fatias pequenas tipo sashimi e guarde na geladeira (o peixe tem de estar sempre frio). Corte a cebola roxa, coloque em um bowl com água e sal e guarde na geladeira. Pique o alho, o gengibre e o aipo em pedaços bem pequenos, quase virando uma pasta. Pode fazer isso também em um processador e agregar um pouquinho de água. Pique a pimenta dedo-de-moça, sem sementes, em quadradinhos bem pequenos. Retire o peixe da geladeira, coloque em um bowl e tempere com sal, pimenta-do-reino, a pasta de alho, gengibre e aipo, a pimenta dedo-de-moça e esprema os limões. Misture tudo. Acrescente o coentro picado e a cebola roxa fria (descarte a água). Misture tudo novamente.

para servir em cada prato, coloque uma fatia de batata-doce e uma porção de ceviche.

dica do chef muito cuidado para que os limões não estejam maduros demais

rendimento 4 porções

preparo 20 minutos

execução fácil

Lourdes Hernández despede-se do Brasil com festival no Obá (SP)

24 julho, 2014  |  Chefs, Eventos, Restaurantes  |  Sem Comentários

Hugo Delgado recebe a chef mexicana Lourdes Hernández para festival

Da redação da Menu

Começa hoje (24), no restaurante paulistano Obá, a nona edição da Semana de la Gastronomia Mexicana y del Tequila. Todos os anos, o proprietário do restaurante, o mexicano Hugo Delgado, convida chefs do México para preparar clássicos de sua terra natal.

Porém, neste ano, o festival terá sabor de despedida. A chef mexicana Lourdes Hernández e o seu marido, o artista plástico Felipe Ehrenberg estão voltando para o México e, para esgotar o estoque de ingredientes do Salón Calavera, projeto no qual recebiam clientes em sua casa para refeições mexicanas mediante a reserva, a cocinera atrevida (apelido de Lourdes) prepara diversos clássicos de sua cozinha natal.

Na ala das entradas, destaque para os tacos caipiras (tortilhas de milho recheadas com ovo caipira mexido com chorizo, linguiça preparada com porco caipira, chiles e amêndoas – R$ 22), e a elote de la calle, um clássico da comida de rua mexicana (espiga de milho cozida e temperada com manteiga, creme azedo, limão, queijo meia cura e chile piquín – R$ 14).

Entre os pratos principais, o alambre en cubos (espeto de bife ancho, bacon e vegetais grelhado, acompanhado de arroz cremoso com queijo, chile poblano e grãos de milho – R$ 55) e o cochinita pibil (porco marinado em pasta maia de semente de urucum e laranja, cozido lentamente na panela de barro e guarnecido de arroz e frijoles de la olla – R$ 51) são algumas sugestões. Já para a dulce despedida,  uma das opções é o clássico pastel tres leches (R$ 19).

9ª Semana de la Gastronomia Mexicana y del Tequila

Data: 24 de julho (jantar) a 3 de agosto (almoço)

Obá

rua Doutor Melo Alves, 205 – Jardins (veja no mapa)

(11) 3086-4774 – São Paulo – SP

www.obarestaurante.com.br


Empório Santa Maria faz sua 1ª feira de vinhos

23 julho, 2014  |  Bebidas, Eventos, Vinhos  |  Sem Comentários

da Redação

Já faz quatro anos que o Empório Santa Maria vem importando seus vinhos, uma medida para eliminar atravessadores e reduzir o custo das garrafas na loja. A medida deu tão certo que o supermercado organiza na sexta-feira e no sábado sua primeira feira de vinhos, que terá a participação de representantes de 12 vinícolas. Estarão presentes proprietários, enólogos e gerentes das vinícolas Tosti, Masottina, Il Vino,  Abbadia Ardenga e Castello della Paneretta (Itália); LD Vins (França); Quinta do Vallado e Quinta do Casal Monteiro (Portugal); Pinuaga e Heredad de Baroja (Espanha); Botalcura (Chile) e Viniterra (Argentina).

Leia Mais

Chambaril em São Paulo

17 julho, 2014  |  Eventos, Restaurantes  |  Sem Comentários

O chambaril para comer de colher

Da redação da Menu

No próximo sábado (19/7), o chef Carlos Ribeiro, do restaurante Na Cozinha, em São Paulo, recebe Cláudia Luna, dona do tradicional bar-restaurante pernambucano Seu Luna, que prepara durante o almoço um dos pratos mais conhecidos da casa: o chambaril de cortar com a colher.

O corte, que é conhecido como ossobuco na cozinha italiana, vem da coxa traseira do boi e com osso cheio de tutano. Mas o tempero é o diferencial do preparo: sal, pimenta e cominho. É cozido por horas e servido com legumes como cenoura, abóbora (jerimum), batata, pirão feito com o caldo de cozimento da carne, e arroz branco. Pode ainda ser acompanhado de molho de pimenta e farinha branca. O prato custará R$ 46,90.

De sobremesa, há doce de jaca em calda (R$ 16) e, para matar a sede, suco de pitanga (R$ 7,50), trazido por Claudia diretamente de Recife.

Na Cozinha

rua Haddock Lobo, 955, Cerqueira César (veja no mapa)

(11) 3063-5377 – São Paulo – SP

www.nacozinharestaurante.com.br

Novos drinques do SubAstor

16 julho, 2014  |  Bares, Bebidas, Vídeos  |  Sem Comentários

Da redação da Menu

O bartender Fabio La Pietra, do SubAstor, em São Paulo, acaba de renovar a carta de drinques do bar. Para os internautas da Menu, ele mostra o preparo de dois coquetéis: o Normandie To, que lembra o mojito, mas é feito com bebidas que remetem à França, e o Il Cardinale, que é um negroni revisitado. Saúde!

Imagem de Amostra do You Tube

SubAstor
www.subastor.com.br