Cultura

Amor à mesa

Por Luciana Mastrorosa

Uma cozinheira talentosa, um triângulo amoroso e a gastronomia espanhola contemporânea são os pilares de Dieta Mediterrânea, filme do espanhol Joaquín Oristrell que estréia hoje nos cinemas brasileiros.

Olivia Molina interpreta Sofía, uma bela jovem que vive às voltas com panelas e fogões desde pequena, crescendo no restaurante de seus pais. Casa-se cedo com Toni (Paco León), mas nem o casamento nem os filhos fazem com que seu amor pela cozinha diminua. É aí que entra o terceiro personagem principal, Frank (Alfonso Bassave), um charmoso agente que ajuda Sofía a impulsionar sua carreira como ela deseja – e merece. E o triângulo está formado.

Em meio a confusões sentimentais e muita experimentação na cozinha, Oristrell usa a trajetória profissional de Sofía para compor um retrato da cozinha espanhola contemporânea, em especial a catalã. De cozinheira de pratos tradicionais espanhóis, com muitos peixes e frutos do mar, Sofía evolui para uma culinária tecnológica, e sua cozinha vira quase um laboratório à la Ferran Adriá.

O filme é um prato saboroso para quem adora uma comédia romântica, em especial aquelas que misturam cozinha e amor.

Assista ao trailer de Dieta Mediterrânea: