Bebida

Chá para harmonizar

Da redação da Menu

Acompanhe a segunda parte do vídeo com o chef Guilherme Bomfim, da A Loja do Chá, em São Paulo, sobre a presença do chá em saborosas criações e suas possíveis harmonizações. A seguir, confira o preparo do cheesecake com geleia de chá, uma das receitas degustadas na reportagem, e as dicas da especialista Carla Saueressig para preparar a bebida em casa, sem erro.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1_sOcSiTSOM[/youtube]

new york cheesecake com geleia de chá

por Guilherme Bomfim, da Loja do Chá

base

375 g de manteiga

2 colheres (chá) de sal

1 gema

2 colheres (chá) de açúcar

100 ml de leite

500 g de farinha de trigo

creme do cheesecake

380 g de chocolate branco Valrhona

380 ml de leite

750 g de cream cheese

60 g de açúcar de confeiteiro

4 folhas de gelatina incolor

água quanto baste

geleia de chá preto com rosas

1 litro de água

50 g de chá preto com rosas

1 kg de açúcar

2 sachês de pectina

base deixe a manteiga em ponto de pomada, adicione a gema, o leite, o sal e o açúcar. Mexa bem e vá juntando a farinha aos poucos. Sobre uma superfície enfarinhada, sove a massa levemente até ficar macia e úmida. Em seguida, abra a massa e forre 3 formas de 25 cm de diâmetro cada (use um aro ou uma forma de fundo removível). Asse em forno médio preaquecido a 180ºC até ficar levemente dourada. Reserve.

 

creme do cheesecake derreta o chocolate branco em banho-maria, junto com o leite. Enquanto a mistura estiver quente, adicione as folhas de gelatina previamente hidratadas, de acordo com as instruções do fabricante. Reserve. Misture o açúcar com o cream cheese e adicione-o ao chocolate branco. Mexa bem até obter um creme liso. Despeje esse creme sobre as bases de cheese cake e leve à geladeira por no mínimo 6 horas.

geleia de chá faça a infusão do chá e coe. Coloque o chá numa panela junto com o açúcar e a pectina e deixe ferver por 5 minutos, retirando a espuma que sobe. Retire do fogo e deixe esfriar antes de usar.

para servir cubra os cheese cakes com a geleia de chá preto com rosas, corte-as em fatias e sirva-as acompanhadas de infusões de frutas.

 

dica do chef para dar um toque cítrico à receita, prepare a geleia com Nangilima no lugar do chá preto com rosas.

 

harmonização o sagu de frutas tem cassis pretos e vermelhos, frutas vermelhas, maçã, hibiscos, frutos de sabugueiro, passas de uva e mirtilos em sua composição, que combinam com o floral do chá preto com rosas e a doçura do chocolate branco.

 

rendimento 3 unidades com 12 porções cada

preparo 1h20 (+ 6 horas de geladeira)

execução moderada

Dicas para o chá perfeito, por Carla Saueressig

–      Prefira comprar as ervas a granel, em lojas especializadas, e conservá-las em local fechado e longe da umidade.

–      Todo chá tem de vir com o modo de preparo e a indicação de quantidade de erva por litro. Caso não tenha, use 11 a 13 g de chá verde, branco, preto ou oolong para cada litro de água.

–      No caso de infusões exclusivamente de ervas e frutas, a quantidade por litro de água varia de 5 a 25 g. Nesse caso, frutas normalmente entram em maior quantidade, por serem mais pesadas.

–      Brancos e verdes são bastante delicados. Prepare a bebida com água em temperatura entre 60 e 90ºC e deixe-a em infusão de 1 a 3 minutos. Mais intensos, os oolongs e pretos devem ser infusionados em água recém-fervida, mas não borbulhante, por 2 a 4 minutos.

–      Para ervas e frutas, use também água recém-fervida e deixe infusionar por 5 a 10 minutos. Se preferir uma bebida de sabor mais intenso, deixe mais de tempo em infusão.

–      Proporção é tudo. Se usar uma quantidade muito grande de chá, com o preto ou o verde, a bebida fica amarga e muito tânica, com sabor adstringente.

–      Fique de olho no tempo: não adianta usar a erva na proporção correta e deixar minutos a mais em infusão. Esse erro tão comum também pode amargar o chá.

–      Mate e rooibos seguem as mesmas indicações para as infusões de ervas. A diferença entre eles é que o brasileiríssimo mate tem bastante cafeína, e o rooitea não tem nenhuma, podendo ser ingerido a qualquer hora do dia, sem risco de insônia.