Cultura

As imagens da gastronomia em 2011

Da redação da Menu

Nesta retrospectiva de 2011 a Menu reuniu imagens que marcaram o ano que está acabando, pelo viés gastronômico, para quem acredita que há imagens que valem por mil palavras. Confira:

O bife à cavalo, preparo pelo chef Carlos Ribeiro

Em janeiro, o ano começa com a posse da presidenta Dilma. Do lado gastronômico, a presidenta revela que o bife à cavalo é o seu prato preferido. A receita foi capa da Menu, preparada pelo chef Carlos Ribeiro.

O chef Santi Santamaría

Em fevereiro, o mundo das panelas perde o polêmico Santi Santamaría. O chef faleceu em Cingapura, de causas naturais. Ele foi o primeiro catalão a conquistar três estrelas no guia Michelin e se envolveu em diversas polêmicas, ao criticar seus conterrâneos e a chamada cozinha molecular.

Atala no palco do Restaurant

Em abril, o chef Alex Atala, do paulistano D.O.M., sobe ao palco para receber o troféu de 7º Melhor Restaurante do Mundo, numa eleição da revista inglesa Restaurant. O dinamarquês Noma ficou em primeiro lugar, pelo segundo ano consecutivo.

Ducasse em ação

Em maio, a inauguração da unidade paulistana da escola de cozinha da Estácio de Sá traz o chef Alain Ducasse ao Brasil. Parceiro da universidade, o chef francês admite, pela primeira vez, o interesse em ter um restaurante no País. Logo depois, Daniel Boulud visita o Rio de Janeiro, também com a ideia prospectar espaço para um restaurante.

Ferran Adrià com chefs convidados e sua equipe do elBulli e a escultura de açúcar, criada por Christian Escribà e pela brasileira Patricia Schmidt (foto divulgação)

Em julho, o catalão Ferran Adriá encerra as atividades do seu elBulli. Um banquete de 50 pratos foi o último jantar do badalado e premiado restaurante. E os dois bolos da festa foram preparados por uma brasileira, a chef pâtissière Patrícia Schmidt, junto com seu marido, o catalão Christian Escriba.

Dan Barber, Yukio Hattori, Michel Bras, Ferran Adrià e Gastón Acurio. Abaixados (da esq pra dir): José María Aizega (diretor do Centro de Culinaria Basca), Rene Redzepi, Alex Atala e Massimo Bottura

Em setembro, o evento Mistura, idealizado pelo chef Gastón Acúrio e realizado em Lima, mostra a força do Peru na gastronomia. É o maior evento da gastronomia da América Latina, que reúne a população local e também chefs e gourmets de diversos países. Nesta edição, o Mistura sediou até um encontro do G9, grupo que reúne alguns dos mais importantes chefs da atualidade. Eles aproveitaram para lançar a “Declaração de Lima”.

Jancis na degustação de 15 vinhos, incluindo o brasileiro Cave Geisse

Em novembro, o espumante Cave Geisse, elaborado na Serra Gaúcha, é um dos 15 vinhos escolhidos pela especialista inglesa Jancis Robinson para apresentar em sua degustação no evento Wine Future, em Hong Kong. A escolha da especialista é a prova da qualidade crescente das borbulhas brasileiras.

os chefs brasileiros e seus assistentes no palco do Gastronomika

Também em novembro, o Brasil foi um dos destaques do Gastronomika, fórum de vanguarda em San Sebastián. Juntos, Alex Atala, Claude Troisgros, Helena Rizzo, Roberta Sudbrack e Rodrigo Oliveira mostram a força da nossa gastronomia.

Jay Miller em degustação na Espanha

Em dezembro, Jay Miller, um dos degustadores da equipe de Robert Parker, é envolvido em denuncia de que cobrava para degustar vinhos espanhóis, em uma operação intermediada por Pancho Campos. Miller é responsável por dar várias notas 100 para os vinhos espanhóis.