Comidas

Menu Testa: miniliquidificador

Da redação da Menu

A correria do dia a dia exige o uso de eletrodomésticos para facilitar o preparo de receitas. E, diante de cozinhas de espaço cada vez mais limitado – uma realidade especialmente nas grandes cidades – é fundamental que os utensílios sejam bonitos, práticos e portáteis. Por isso nos agradou a ideia de testar o LM 120 Mini Liquidificador e moedor 2 em 1 Black&Decker.

O aparelho realmente tem uma aparência diminuta, fácil de organizar em qualquer cantinho da cozinha. Tem 120 watts de potência, o produto está disponível nas versões 127 V e 220 V. Com base de aço inox, possui dois encaixes com duas lâminas: uma para moer grãos – como café, ervilha seca, amendoim, etc, e outra para bater líquidos e coisas cremosas, como num liquidificador normal. A função moer vai bastante bem quando testada com grãos de café torrado. As lâminas, afiadas, cumprem sua função com velocidade e rapidez. A máquina é fácil de operar, com apenas um botão que deve ser mantido pressionado até obter o grau de moagem desejado.

Para testar a função liquidificador, decidi preparar uma maionese, um dos usos clássicos para esse tipo de aparelho. Como o copo é pequeno (capacidade para 550 ml), usei uma receita que rendeu 100 ml. Primeiro, coloquei 1 gema de ovo orgânica no copo do liquidificador, junto com 1 colher (sobremesa) de mostarda Dijon, 1 pitada de sal e outra de pimenta-do-reino moída na hora. Encaixei a tampa e pressionei o botão – como na função moer, o botão é o mesmo e deve ser mantido pressionado durante toda a operação. Em seguida, abri a tampinha que há na tampa maior e despejei, em fio, 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva e óleo de milho, em partes iguais. Aqui, percebi que a potência da máquina dava sinais de cansaço, não misturando perfeitamente os ingredientes, talvez pela densidade do óleo. Também começou a cansar ter de manter o botão pressionado o tempo todo. Adicionei então o suco de 1/2 limão e continuei batendo. A maionese, aos poucos, foi ganhando forma. Mesmo assim, tive de abrir a tampa maior e mexer o creme com a colher algumas vezes, para que ficasse na consistência correta. Além disso, por ser leve, o liquidificador 2 em 1 tem de ser segurado enquanto bate-se alguma coisa, para não sair andando pela pia. Depois de cerca de 10 minutos, obtive uma maionese cremosa e brilhante. (Luciana Mastrorosa)

PONTO FORTE: o LM 120 Mini Liquidificador e moedor 2 em 1 Black&Decker é realmente portátil e fácil de encaixar na cozinha. Na função moer, funciona perfeitamente, especialmente para grãos de café. Como liquidificador, é interessante para preparar sucos e batidas rápidas.

PONTO FRACO: como liquidificador, o LM 120 deixou um pouco a desejar, pois seu motor pareceu não dar conta de massas um pouco mais densas (mesmos as líquidas) ou cremes muito gordurosos em grandes quantidades. Além disso, o botão – que não trava, devendo ser pressionado durante toda a operação – também pode dificultar o manejo em certos preparos.

PREÇO SUGERIDO: R$ 109,90

INFORMAÇÕES: www.blackedecker.com.br