Bebida

Contra-ataque

Por Suzana Barelli

Um dos reflexos do pedido de salvaguarda encaminhado pelas vinícolas brasileiras ao governo federal é a união das duas associações dos importadores. Sexta-feira passada, dia 2 de março, representantes da Abrabe (Associação Brasileira de Bebidas) e da ABBA (Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas) se reuniram com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados), para discutir saídas conjuntas, inclusive caminhos jurídicos, conta a proposta de aumentar de 27% para 55% o imposto de importação dos vinhos estrangeiros no mercado interno.