Bebida

Um brinde à cachaça

Por Beatriz Marques

Os jurados Roland Villard, Deise Novakoski, Luciano Boseggia e Frederic Monnier

Depois do reconhecimento dos EUA, o caminho ficou mais livre para a nossa branquinha deslanchar mercado afora. De olho nesse potencial, a Associação dos Produtores e Amigos da Cachaça do Estado do Rio de Janeiro promoveu um concurso para avaliar as cachaças fluminenses, no começo do mês, coordenado por Deise Novakoski, sommeilère do carioca Eça. Os 15 jurados, entre eles Guilherme Studart, editor do guia Rio Botequim, e o chef Roland Villard, do Sofitel Rio, degustaram 46 rótulos. Os vencedores foram: Reserva do Nosco, de Resende, na categoria branca; Pedra Branca Ouro, de Paraty, entre as armazenadas; e Magnífica Soleira, de Vassouras, foi a melhor envelhecida.