Comidas

Chefs brasileiros roubam a cena no Madrid Fusión

Por Mônica Rangel, especial para a Menu *

O Brasil é o foco das atenções na 11ª edição do Madrid Fusión, um dos congressos de gastronomia mais importantes do mundo, realizado anualmente em Madri, na Espanha. Como país convidado do evento este ano, a cozinha brasileira está chamando a atenção de todos aqui na Espanha. Mas não só nossa cozinha de vanguarda está fazendo sucesso – mesmo os pratos simples e populares estão encantando jornalistas, formadores de opinião e visitantes do mundo todo. Nestes primeiros dois dias de Madrid Fusión, o estande do Brasil montado pela Embratur ficou lotado o tempo todo. Ao longo do dia, eu e os chefs Wanderson Medeiros, Tereza Paim, Flávia Quaresma, César Santos e Dalton Rangel apresentamos algumas receitas com sabores e ingredientes bem típicos brasileiros.

Logo na abertura, tivemos uma avalanche de jornalistas interessados em conhecer um pouco mais sobre a gastronomia brasileira. Foram mais de vinte entrevistas para rádios, TVs, veículos impressos e online, com direito a participação nos dois telejornais mais assistidos do país, transmitidos pela TVE (Televisión Española). Da cozinha-show do estande brasileiro, saíram duas receitas: creme de mandioquinha (do Dalton Rangel) e depois doce cremoso de caju com queijo fresco (do Wanderson Medeiros). As duas preparações instigaram muito o público do evento que se surpreendeu com os sabores inusitados e de muita personalidade. Praticamente ninguém ali havia provado caju ou mandioquinha, e quase ninguém achou ruim – os pratinhos ficavam sempre vazios.

É impressionante como a cozinha brasileira está sendo bem recebida em Madrid. Apesar de os nomes serem complicados para os espanhóis, estamos em um esforço pesado para que nossos ingredientes interessem chefs e gourmets de outros países. Neste segundo dia do Madrid Fusión resolvemos ampliar nossos show cooking além do previsto, e servimos cocada de colher e brigadeiro, dois doces que “voaram” em poucos minutos – acho que servimos umas 700 pessoas ao longo do dia. Outra coisa que tem nos impressionado é o fato de dezenas de pessoas se amontoarem no nosso estande no momento em que começamos a cozinhar para saber o que será preparado, de qual região do Brasil é a receita e onde podem encontrar os ingredientes na Espanha.

Além dos doces, Tereza Paim serviu beiju de tapioca com siri; Flávia Quaresma apresentou sua sopa de pupunha com cumaru, maracujá e farofa de camarão seco; e eu servi angu com carne seca. Nesta quarta-feira continua a movimentação no estande, com mais apresentações dos chefs e degustações para o público do evento.

* A chef Mônica Rangel foi convidada pela Embratur para apresentar receitas brasileiras no Madrid Fusión