Bebida

Vinho para as mães elaborado por enólogas

Por Suzana Barelli

As cinco enólogas chilenas, que, juntas, elaboram um tinto potente (e caro)

O Dia das Mães merece um brinde – ou vários. No meu caso, o primeiro vinho que devo abrir (e recomendar) é o Crios, da enóloga argentina Susana Balbo. E escolho o vinho pela força de sua história: Susana elaborou este vinho pensando em seus dois filhos e o rótulo mostra isso. É o desenho estilizado de uma mão grande, com duas outras mãos, pequenas, dentro. É a mãe cuidando dos filhos, uma imagem mais do que apropriada para a data. Como a linha do Crios é grande e tem a proposta de ser um branco, um rosé ou um tinto moderno, jovem e fácil de beber, vale escolher a uva preferida de cada mãe.

Repare no rótulo do Crios Malbec Rosé: na mão protetora da mãe estão as mãos dos filhos

A segunda dica é o gewurztraminer da domaine alsaciana Weinbach. Acho a gewurz, como esta uva branca de grafia quase impronunciável é apelidada, uma variedade bem feminina, floral. E a domaine Weinbach, um antigo mosteiro do século 18 transformado em vinícola, pertence à mãe e filhas da família Faller. São mulheres de personalidade, que desde o final do século passado optaram por seguir a filosofia biodinâmica nos vinhedos, cultivando-os sem qualquer agrotóxico e seguindo as influencias cósmicas.

Gewürztraminer da Domaine Alsaciana Weinbach

O terceiro vinho é elaborado por cinco mulheres juntas. É o projeto chileno Top Winemakers, lançado recentemente no Brasil por Rafael Prieto, conhecido por editar, no passado, o Guia de Vinhos de Chile. Neste vinho, as enólogas chilenas se juntaram para elaborar um vinho – há também a versão masculina, com cinco homens e um vinho (em breve, prometo publicar um post sobre este projeto). São mulheres de perfis bem distintos, mas todas conhecidas pela sua competência na taça. Cada uma entrou com 20% de um vinho seu para a mescla. Antes de chegar a versão final, elas degustaram várias amostras, conversaram sobre elas, sobre o perfil de cada uva e, enfim, definiram o blend, que tem cabernet sauvignon, syrah e carignan. Cecília Guzmán, da Haras de Pirque, Ana Maria Cumsille, da Altair, e Cecília Torres, da Santa Rita, entram com seus cabernet sauvignon. Irene Paiva, da Vistamar, trouxe o syrah, e Macarena Morandé, da viña Costa Blanca, o carignan.

O projeto chileno Top Winemakers, com um vinho elaborado apenas pelas mulheres (o do rótulo mais vermelho) e outro, só por homens

O quarto vinho é o português Guru, elaborado por Sandra Tavares da Silva e seu marido Jorge Serôdio Borges. É um belo branco, com uma acidez interessante, raro na quente região do Douro, no norte de Portugal, e elaborado apenas com as variedades portuguesas. Códega do Larinho, gouveio, rabigato e viosinho dão origem ao vinho. Sandra também elabora um vinho junto com a enóloga Susana Esteban, no Douro, que tenho muita curiosidade de provar.

Um vinho branco da região do Douro

O quinto é um branco brasileiro, o Cordilheira de Santana Chardonnay, elaborado por Rosana Wagner. Quase na divisa com o Uruguai, a Cordilheira de Santana é um projeto familiar de Rosana e de seu marido Gladistão Omizzolo. Os dois se conheceram e se apaixonaram quando trabalhavam juntos na National Distillers, na época dona da vinícola Almadén, e decidiram transformar sua paixão em vinhos. Elaboram vinhos com a proposta de ser uma bebida de guarda, daquela que ganha qualidades com o tempo em garrafa.

A enóloga (e mãe) Rosana Wagner elabora brancos e tintos no sul do Brasil, quase fronteira com o Uruguai

OS VINHOS

Crios, de Susana Balbo. Preço entre R$ 35 e R$ 45, na Cantu (www.cantu.com.br)

Domaine Weinbach Gewurztraminer Reserve 2011. Preço R$ 158, na Wine (www.wine.com.br)

Guru Branco, da vinícola Pintas. Preço R$ 233,30, na Adega Alentejana (www.adegaalentejana.com.br)

Top Winemakers. Preço R$ 700 (com os dois vinhos, o elaborado pelas mulheres e o feito pelos homens), com Ariel Peres (Ariel@stellium.com.br)

Cordilheira de Santana Chardonnay. Preço R$ 377, a caixa com seis garrafas, pelo site www.cordilheiradesantana.com.br