Acontece

Uma semana para beber Jerez

Importadoras brasileiras estão promovendo degustações e descontos de vinhos Jerez | crédito: divulgação

Por Suzana Barelli

Até o próximo dia 8 de junho, domingo, é comemorada a Semana Internacional do Jerez. A data, criada no ano passado, visa divulgar este vinho do sul da Espanha, e é celebrada no mundo todo. No site www.isherryweek.com, que lista todos os eventos em torno do Jerez, ou sherry, na língua inglesa, ou xérès, na francesa, estão desde harmonização gastronômicas na Espanha, no Japão ou na Russia, até apresentações com a bebida e a dança flamenco, além, é claro, de muitas degustações. No Brasil, algumas das importadoras que têm este estilo de vinho em seu portfolio estão promovendo degustações e descontos em seus rótulos.

Um exemplo é a Zahil, que está dando 20% de desconto na venda do Real Tesoro Fino, da bodega Marqués del Real Tesoro. E os clientes que visitarem sua loja em São Paulo, poderão degustar os manzanilla e os fino do grupo Estevez, que a casa representa. Na Decanter, todos os rótulos da El Maestro Sierra estão com 25% de desconto. O Pedro Ximénez, por exemplo, sai por R$ 99,98. Inovini e Casa Flora também estão promovendo estes vinhos em seus pontos de venda.

Os fenícios estão na origem de Jerez, uma das mais antigas regiões produtoras de vinho da humanidade. Hoje chamada de Jerez de la Frontera, por estar na divisa entre os domínios mouros e cristãos no século 13, esta região dá origem a um vinho fortificado único, elaborado, principalmente, com a uva Palomino, e de estilos diversos.

O estilo do Jerez vem de uma maneira própria de amadurecer a bebida, no sistema de soleras (barricas colocadas uma em cima da outra). Dentro da barrica, é formada uma “flor”, uma espécie de película que protege o vinho da oxidação. Seus estilos variam dos mais secos aos mais doces, começando pelo fino e o manzanilla, até o amontillado, o oloroso, o pale cream. Na região, apenas o Pedro Ximénez não é elaborado com a Palomino, mas com a uva (bem doce) que lhe dá o nome.

Enfim, é um vinho único que faz, nesta semana, o convite para conhecê-lo melhor.