Bebida

Barman do The Sailor vence campeonato de coquetelaria

Mateus Cunha, do The Sailor, com seu drinque, "O Comandante". (foto: divulgação)

da Redação

Matheus Cunha, do The Sailor Legendary Pub, é o sexto barman a conquistar o prêmio de coquetelaria Vive La Révolution, organizado pela vodca francesa Grey Goose. Inspirado no tema Fly Beyond (“Voe Além”, em tradução livre para o português), Cunha criou o drinque “O Comandante”, com vodca, shrub (uma espécie de soda) de cupuaçu, maracujá do cerrado, licor de pitanga e bitter de chimarrão.

A inusitada combinação chegou aos jurados de maneira criativa: bandejas foram colocadas em cima de aviões em miniatura com gelo seco, para simular a fumaça, fazendo com que as bebidas chegassem “voando”. Junto aos copos, um passaporte com a receita de “O Comandante”.

Cunha, que na edição de 2013 ficou com o segundo lugar no Vive La Révolution, levou neste ano o prêmio principal: R$ 6 mil em dinheiro e uma viagem à França, onde irá conhecer as plantações de onde saem os grãos de trigo usados para elaborar a vodca premium.

O segundo lugar ficou com o paulista Sylas Rocha, do Noh Bar, que criou o “Renovação” (suco de tomate, água, bitter de salsão e vodca), enquanto a terceira posição foi para o gaúcho Eugenio Baggiotto, da Fuel, que usou pimentas verdes e rosas em vinagre de maçã, infusão de erva cidreira, tintura de amêndoa e vodca, no coquetel Essência. Eles levam R$ 3 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente.

o comandante

60 ml de vodca

30 ml de shrub de cupuaçu artesanal

20 ml de maracujá do Cerrado

20 ml de licor de pitanga artesanal

5 gotas de bitter de chimarrão artesanal

casca de laranja para decorar

quanto baste de gelo

o comandante encha uma coqueteleira com gelo, adicione todos os ingredientes e bata bem.

para servir coe o drinque em uma taça de bojo largo e decore com a casca de laranja.

rendimento 1 drinque

preparo 5 minutos

execução muito fácil