Comidas

Menu Testa: Yonanas

Fácil de usar, a Yonanas transforma frutas em "sorvetes" rapidamente | crédito: divulgação

por Pedro Marques

Fazer sorvete não é nem tão fácil nem tão difícil, como mostra o chef Francisco Sant’Ana, da Gelado, na matéria de capa da edição 192 da Menu. Praticamente todas as receitas têm uma base, geralmente feita de leite e ovos, que precisa ser batida em uma sorveteira – que é de fato o equipamento mais complicado pra se ter em casa, já que as boas não são lá muito baratas. A máquina de sorvete é, grosso modo, uma batedeira que resfria e mantém a base gelada. Só assim para conseguir um sorvete cremoso. Tanto que uma das gambiarras para fazer sorvete em casa, para quem não tem uma sorveteira, é levar a batedeira com a base do sorvete para dentro do freezer. Parece estranho, mas funciona.

Eis que chega ao Brasil o Yonanas: aparelho que permite transformar frutas em “sorvetes” sem grandes trabalhos. Bem simples, ela tem uma base grande, onde fica o barulhento motor. Nessa base/motor é encaixada o processador, que também tem a entrada para os alimentos. Em seguida, é só colocar sua fruta favorita na máquina, empurrá-la com o êmbolo que acompanha o equipamento e pegar o gelado do outro lado. Tão fácil que até uma criança consegue usar sem se machucar. E a máquina é simples e divertida de por pra funcionar. O resultado só que talvez não lembre um sorvete, pelo menos logo de cara. Mas dá para fazer coisas bem interessantes.

O primeiro passo para usar o Yonanas é congelar… bananas, claro, que são a base de quase todos os sorvetes feitos no aparelho (também é possível fazer alguns sorbets). O manual orienta a escolher as frutas bem maduras, um ponto antes de passarem. Sabe aquelas bananas que você estava pra jogar fora? Agora elas têm um novo uso. Primeiro, você tem que descascá-las e levá-las ao freezer por pelo menos 24 horas. Depois, tem que tirar as bananas do freezer, esperar elas descongelarem levemente, por 10 a 15 minutos, e então é só colocar a fruta no Yonanas e ligar.

Com barulho de liquidificador, ele bate e emulsiona rapidinho as bananas, que saem bem cremosas do outro lado. Pronto, você pode comer seu “sorvete” na hora. Mas as misturas é que são divertidas. Isso porque as bananas emulsionadas são a base para combinações com outros ingredientes, como morangos, maracujá, pistache e chocolate. Ou seja: primeiro você faz a base com as bananas, depois passa, por exemplo, uma outra fruta pela máquina, mistura tudo e tem um novo sabor. O uso é bem intuitivo e você pode liberar a criatividade e experimentar com vários ingredientes. Para que está sem inspiração, o produto vem com um livro pequeno de receitas com algumas ideias para começar. O único requisito é que eles estejam congelados por pelo menos 24 horas.

O resultado é uma massa cremosa, que lembra muito um sorvete, embora não seja – afinal, só leva frutas, enquanto o gelado tradicional vai leite, ovos e açúcar. Falando em açúcar, é importante destacar que a doçura do “sorvete” que sai do Yonanas está diretamente relacionada com as frutas utilizadas. Para quem está economizando calorias, pode ser uma forma divertida de comer frutas. Quem quer uma sobremesa para encerrar uma refeição especial, porém, pode ter que colocar uma dose extra de açúcar, depois que as frutas estiverem batidas, para agradar a todos os convidados.

PONTO FORTE: bate as frutas rapidamente e deixa-as com textura bem cremosa. Fácil de usar, permite transformar vários ingredientes em “sorvete”.

PONTO FRACO: ter que congelar as frutas e outros ingredientes por pelo menos 24 horas antes de usá-los. É barulhento, mas funciona rápido e não incomoda tanto.

PREÇO SUGERIDO: R$ 250

Informações: yonanas.com