Bebida

Teste seus conhecimentos sobre vinho e bacalhau

(foto: Sheila Oliveira/Empório Fotográfico)

Por Suzana Barelli

1 – Os vinhos tintos tendem a harmonizar melhor com as carnes do que com os peixes porque:

a) os peixes são muito aromáticos e encobrem o cheiro do vinho

b) os vinhos brancos são elaborados para serem bebidos sozinhos

c) o tanino do vinho se casa bem com a proteína da carne

2 – Em Portugal, brinca-se que bacalhau não é peixe, é bacalhau porque:

a) é uma forma de justificar as várias espécies de bacalhau, como o gadus morhua e o gadus macrocephalus.

b) o bacalhau tem características pouco encontradas em outros peixes, como sua textura e maior “peso” no paladar

c) a frase foi criada para justificar a escolha de tinto para bacalhau

3 – Entre as chaves para harmonizar um bacalhau com vinho tinto está:

a) boa fruta e acidez presente

b) muitos taninos e muita acidez

c) passagem por barricas e muita fruta

4 – O encontro do sal, muito presente nos preparos de bacalhau, com o tanino tende a resultar:

a) em um casamento perfeito

b) em um gosto metálico na boca

c) em um sabor agradável na boca, já que sal e tanino não interagem, mas também não brigam

5 – Por que não são todos os brancos que combinam com o bacalhau?

a) porque seus aromas intensos brigam com o pescado

b) porque muitas vezes estes vinhos são leves demais para acompanhar o bacalhau

c) todos os brancos combinam com bacalhau, porque peixes e brancos são o melhor casamento à mesa

6 – Entre as receitas clássicas de bacalhau, são consideradas boas harmonizações:

a) bacalhau ao forno com tintos de boa fruta e médio corpo

b) brandade de bacalhau com tintos premium do Douro

c) bolinho de bacalhau com tintos mais frutados e potentes

7 – Por qual razão os tintos mais evoluídos podem combinar com o bacalhau?

a) o bacalhau é um peixe de preparo demorado, por isso pede um tinto que também demore a ficar pronto

b) o tempo em garrafa ameniza os taninos, facilitando a harmonização

c) o bacalhau é um peixe nobre e pede vinhos melhores, com mais tempo em garrafa

8 – Por qual razão os tintos mais jovens e de médio corpo podem combinar com o bacalhau?

a) pelas suas notas frutadas e pelos poucos taninos

b) pela sua acidez marcante

c) porque os taninos mais jovens são sempre mais sedosos

9 – É um escritor português famoso por defender o vinho tinto com o bacalhau:

a) José Saramago

b) Eça de Queiroz

c) Fernando Pessoa

Respostas

 

1 – RESPOSTA C – Os taninos, muito mais presentes nos vinhos tintos, se casam com as proteínas da carne tornando a harmonização mais intensa

 

2 – RESPOSTA B – O bacalhau é um peixe que não traz as características mais esperadas dos pescados: sua textura é mais firme, ele tem um toque mais salgado, pela sua elaboração, entre outras características

 

3 –RESPOSTA A – Os toques frutados, quando não over, contrapõem com o salgado da receita e a acidez é a chave das harmonizações gastronômicas

 

4 – RESPOSTA B – Em geral, o encontro do sal com o tanino no paladar resulta em um gosto metálico, às vezes lembrando maresia. Por isso, uma das chaves da harmonização do bacalhau com tintos são vinhos com pouco taninos

 

5 – RESPOSTA B – Nem todos os vinhos brancos têm a força para combinar com o bacalhau. Em geral, as melhores harmonizações são com aqueles que amadurecem em barricas de carvalho, o que lhe dá mais estrutura, e uma textura mais sedosa

 

6 – RESPOSTA A – Em geral, o bacalhau ao forno vai com tintos frutados, de corpo médio e boa acidez; a brandade pede um branco de maior corpo e os bolinhos, pela fritura, um branco de boa acidez, inclusive os espumantes

 

7 – RESPOSTA B – Os taninos, mais presentes nos vinhos jovens, são domados com o tempo em garrafa e assim não brigam com o bacalhau

 

8 – RESPOSTA – A – Tintos jovens tendem a ter notas frutadas, que podem harmonizar com as receitas, e não tanto taninos, que brigariam com o salgado do pescado

 

9 – RESPOSTA B – Eça de Queiroz (1845-1900) dizia que em Portugal o tradicional é acompanhar pratos de bacalhau com vinho tinto. Os sabores frutados dos tintos trazem a ideia de doçura, que contrapõem com o salgado do bacalhau