Bebida

Confira uma seleção de cervejas especiais lançadas em janeiro

(foto: divulgação)

por Pedro Marques

Faz três anos que a Menu começou a fazer suas degustações mensais de cervejas especiais. O primeiro tema, publicado na edição 170, foi sobre as leves e refrescantes Witbier, cervejas de trigo criadas na Bélgica e que levam condimentos como casca de laranja e sementes de coentro em sua receita. Na época, não foi exatamente fácil encontrar uma dúzia de cervejas desse estilo para nossa prova às cegas (sem que os degustadores saibam a ordem e os rótulos provados), como sempre fizemos desde então.

De lá para cá, porém, bastante coisa mudou: o mercado de cervejas especiais passou por um crescimento tanto no número de rótulos disponíveis como na quantidade de pequenas cervejarias dispostas a oferecer aos consumidores bebidas mais bem feitas e criativas. São tantas cervejas lançadas mensalmente, que não conseguimos acompanhar todas as novidades apenas nas páginas da Menu – que também precisa falar sobre gastronomia, vinhos, café, livros e vários outros assuntos.

Por isso, começaremos a publicar, uma vez por mês, uma relação com alguns dos principais rótulos lançados por aqui. E se você tem uma cervejaria independente e gostaria de nos avisar sobre o lançamento de um rótulo, mande um e-mail para pedro@revistamenu.com.br com uma foto de divulgação da garrafa, informações sobre a cerveja e dados para entrarmos em contato, caso tenhamos alguma dúvida. A seguir, confira uma galeria com alguns dos lançamentos deste começo de ano.

(foto: divulgação)

S’More Stout: um dos rótulos da Basecamp (foto: divulgação)

Basecamp

A Mr. Beer, franquia de lojas e quiosques de cervejas especiais, e a WBeer.com.br, clube e loja de cervejas online, se juntaram para trazer ao Brasil três rótulos da cervejaria norte-americana Basecamp, do Estado de Oregon: a In-Tents IPL, uma India Pale Lager (mais lupulada que uma lager comum); a S’More Stout, que pode ser servida com marshmallow flambado; e a Pilgrimage Saison, mais lupulada que uma Saison tradicional. Os três rótulos são vendidos em garrafas de alumínio de 650 ml e saem por R$ 49,90. Nas lojas Mr. Beer ou no site WBeer.com.br.

 

(foto: divulgação)

Barley Wine: um dos destaques da Berggres (foto: divulgação)

Berggren

De Nova Odessa, interior de São Paulo, produz cinco rótulos: Pilsen Extra, Dunkler Bock, Irish Dry Stout, Weiss e a Berggren Strong Ale, uma Barley Wine com 9,5% de álcool, bastante sabor de malte (biscoito, pão, fermento) e corpo denso e licoroso. Segundo a empresa, os preço das garrafinhas de 500 ml deve ficar em torno de R$ 12 a R$ 15, e a distribuição, por enquanto, deve ficar restrita ao Estado de São Paulo. facebook.com/BerggrenBier

Kit de cervejas English Barley Wine vem com taças (foto: divulgação)

Kit de cervejas English Barley Wine da Bohemia Reserva vem com taças para degustar a bebida (foto: divulgação)

Bohemia Reserva 2013

Do estilo English Barley Wine, é maturada em barris por mais de 12 meses. Tem notas doces – de frutas escuras secas, como ameixa –, amadeiradas e de malte torrado. Tem 10% de álcool. R$ 120, kit com garrafa de 600 ml e duas taças sem haste para degustar a cerveja. emporiodacerveja.com.br

(foto: divulgação)

A Dádiva Venice Beach é a primeira cerveja artesanal em lata do Brasil (foto: divulgação)

Dádiva Venice Beach

Do estilo Session IPA, que é uma versão menos alcoólica das populares IPA, o principal atrativo do novo rótulo da cervejaria Dádiva é que ela vem em lata de 350 ml – a primeira cerveja artesanal brasileira a apostar nessa embalagem. O sabor é leve e refrescante, mas espere encontrar uma boa dose de amargor (claro, caso contrário não seria uma IPA). Tem 4,5% de álcool. Preço sugerido: R$ 18. cervejariadadiva.com.br

Brugse-Zot

A belga Brugse Zot retorna ao mercado brasileiro (foto: divulgação)

De Halve Maan

A cervejaria belga ficou um tempo sem distribuidor no Brasil e agora conta com um novo importador por aqui, Marcel Ocampo, que está trazendo os quatro principais rótulos: Brugse Zot Blond (Belgian Strong Ale), Brugse Zot Dubbel , Straffe Hendrik Tripel e Straffe Hendrik (Quadrupel). Os preços variam entre R$ 26 e R$ 42, dependendo do rótulo e bar.

(foto: divulgação)

A IPA da cervejaria norte-americana chega ao Brasil (foto: divulgação)

Horny Goat

Mais três rótulos da cervejaria norte-americana conhecida por suas latinhas com desenhos de um bode estão chegando por aqui. São eles uma IPA, a Hopped Up And Horny, uma Double IPA, a One-Eye, e a Brownie Porter. Os preços sugeridos são de R$ 23 (IPA), R$ 26 (Double IPA) e R$ 23 (Porter). divinaconfraria.com.br

(foto: divulgação)

Red Pilsen da marca carioca chega em São Paulo (foto: divulgação)

Jeffrey

A cervejaria carioca Jeffrey finalmente começou a distribuir suas garrafinhas em São Paulo. A princípio, são dois rótulos: a Niña Jeffrey Witbier (R$ 14,50, 300 ml), com raspas de limão-siciliano, e a Red Pilsen (R$ 14,90, 300 ml), feita com malte alemão vermelho. Podem ser encontradas na rede de supermercados St Marche, no Eataly e no Empório Santa Maria. jeffrey.com.br

(foto: divulgação)

Rótulo da Amazon Beer desenvolvido para o Remanso do Bosque e do Peixe, em Belém (PA) (foto: divulgação)

Remanso Mango

Criada pela cervejaria Amazon Beer para os restaurantes Remanso do Peixe e Remanso do Bosque, em Belém (PA), é uma Session IPA com adição de manga. Também leva lúpulos Citra e Mosaic, que conferem notas cítricas de maracujá, abacaxi e limão à bebida. Tem 4,7% de álcool. Preço sugerido: R$ 15. amazonbeer.com.br