Acontece

Massimo Bottura abrirá restaurante em Cuba

Massimo Bottura (foto) se unirá ao espanhol Andoni Luis Aduriz e ao mexicano Enrique Olvera (foto: divulgação/ The World's 50 Best Restaurants)

por ANSA 

O renomado chefe italiano Massimo Bottura, que comanda a Osteria Francescana, na cidade de Modena, irá abrir junto a dois grandes nomes da cozinha internacional um restaurante na capital cubana, Havana.

Bottura, cujo restaurante é considerado o segundo melhor da lista The World’s 50 Best Restaurants, se unirá com o espanhol Andoni Luis Aduriz, dono do estabelecimento Mugaritz, em San Sebastián (em sexto lugar na classificação); e com o mexicano Enrique Olvera, chef do restaurante Pujol, na Cidade do México (em 16º na lista).

A ideia já havia surgido em novembro do ano passado, quando Olvera escreveu um tweet dizendo que o Pujol e o Mugaritz tinham “assinado um acordo para abrir um restaurante em conjunto em Havana, Cuba”. No entanto, a notícia não recebeu nenhuma novidade e o projeto parecia que não ia mais acontecer.

Foi com a recente participação de Bottura, que a história mudou. Segundo o chef italiano em entrevista ao site Identità Golose, agora os três vão fazer “uma expedição para Cuba na primeira semana de dezembro”, onde visitarão “os possíveis lugares” do restaurante, mas sem expectativas muito altas.

O motivo disso, é que os chefs têm consciência de que o maior problema deles no país será a falta de alimentos básicos, com escassez de produtos frescos. “O pouco que eles têm importam dos canadenses, historicamente amigos dos cubanos. Encontram-se principalmente frango e feijão”, disse Bottura à publicação italiana.

Segundo a mídia cubana, o restaurante deve se chamar Pasta, Pinchos y Tacos, nome inspirado nas especialidades dos três chefes. (ANSA)