Bebida

Provamos 18 cervejas na faixa dos R$ 20. Confira avaliação

(foto: divulgação; garrafas: Felipe Gabriel/Ag.IstoÉ)

por Pedro Marques*

Para muitas pessoas, o bolso costuma estar mais vazio no começo do ano. Hora de pagar as contas das festas de Natal e Ano Novo, o IPVA, o IPTU e outros impostos que aparecem sempre depois da virada. Mas não é por isso que você precisa deixar de tomar uma boa cerveja. As geladas dos estilos mais populares – Lager, IPA e Weiss – hoje podem ser encontradas até mesmo nas prateleiras de grandes mercados por até R$ 20, preço bem razoável, ainda mais com a disparada do dólar no ano passado, que encareceu não só as fermentadas vindas de fora, mas também o lúpulo e o malte, insumos que geralmente são importados para elaborar as cervejas especiais.

Claro, não espere encontrar rótulos super complexos ou exóticos. Dentro dessa faixa de preço estão cervejas mais básicas, porém bem feitas, e que já são um “upgrade” comparadas com as tradicionais latinhas. São boas opções para levar para um churrasco com os amigos – especialmente as Lager e as IPA, que combinam bem com carnes na brasa. As Weiss, feitas de trigo, podem ficar para os dias em que quiser pegar mais leve e pedir uma salada ou pratos com peixes e frutos do mar.

Só uma ressalva: no fim de novembro, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), sancionou uma lei que eleva o Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para cervejas. A alíquota passou de 18% para 20% e o impacto desse aumento não pôde ser avaliado nos rótulos degustados, já que a prova foi realizada em dezembro de 2015. A expectativa não é de um impacto muito grande, mas algumas garrafas desta reportagem podem custar um pouco mais de R$ 20 a partir de 2016.

MENU 203 - CERVEJA DEGUSTAÇÃO

MENU 203 - CERVEJA DEGUSTAÇÃO

MENU 203 - CERVEJA DEGUSTAÇÃO

MENU 203 - CERVEJA DEGUSTAÇÃO

* Reportagem publicada na edição 203 da Menu