Bebida

Teste os seus conhecimentos sobre a carmenère

(foto: divulgação)

por Suzana Barelli 

Nas dez questões a seguir, teste os seus conhecimentos sobre a carmenère, uva protagonista da viticultura chilena e tema da degustação deste mês da Menu. E confira, no final, as respostas:

1) A carmenère é uma cepa originária:
a) de Bordeaux
b) do Chile
c) da Argentina

2) São as variedades que deram origem à carmenère:
a) cabernet sauvignon e cabernet franc
b) chardonnay e cabernet franc
c) cabernet franc e gros cabernet

3) São sinônimos de carmenère:
a) merlot, cabernet franc e bordo
b) bordo, cabernelle e grosse vidure
c) caremenelle, merlot e bordo

4) A descoberta que muitos dos vinhedos chilenos plantados com merlot na verdade tinham carmenère, ocorreu:
a) em 1994, quando o ampelógrafo francês Jean Michel Boursiquot identificou as diferenças entre as duas variedades
b) em 1994, quando a filoxera atacou os vinhedos
c) em 1998, quando Michel Rolland começou a trabalhar no Chile

5) A carmenère perdeu espaço nos vinhedos franceses:
a) depois da filoxera, ela não foi replantada porque seus frutos amadureciam muito rápido
b) depois da filoxera, ela não foi replantada porque os seus frutos demoram para maturar
c) com a primeira Guerra Mundial, que destruiu seus vinhedos

6) São características da uva carmenère:
a) é uma planta vigorosa, com cachos grandes e é uma das primeiras a amadurecer no vinhedo
b) é uma planta muito suscetível a doenças, tem cachos pequenos e ciclo curto de amadurecimento
c) é uma vinha vigorosa, de cachos pequenos e amadurecimento tardio

7) São características dos vinhos elaborados com a carmenère:
a) cor muito escura e baixa acidez, que traz ao vinho uma sensação de frutas mais doces, e taninos macios
b) taninos sempre verdes, mesmo quando a uva consegue amadurecer completamente
c) muita acidez, taninos bem rugosos e teor alcóolico sempre superior aos 15%

8) São grandes vinhos chilenos que têm a carmenère como variedade importante em seu blend:
a) Don Melchor e Casa Real
b) Almaviva e Clos Apalta
c) Almaviva e Don Melchor

9) No ranking dos vinhos chilenos, a carmenère é a variedade tinta:
a) mais plantada, com 32% dos vinhedos
b) a segunda mais plantada, com 9% dos vinhedos
c) a terceira mais plantada, com 8,23% dos vinhedos

10) Entre os países com vinhedos de carmenère, destacam-se:
a) Brasil, China e Argentina
b) Grécia, África do Sul e Estados Unidos
c) Itália, China e Chile

Fontes: Uvas y vinos, de Oz Clarke; Grapes, de Jancis Robinson e Wines of Chile

RESPOSTAS

1 – A: Apesar de mais famosa no Chile, a carmenère é uma variedade de origem nas margens do Gironde, em Bordeaux, França

2 – C: Estudos de DNA estabeleceram que a carmenère nasceu do cruzamento entre a cabernet franc e a gros cabernet, essa uma variedade que não é mais cultivada

3 – B: Bordo, na Itália, e carbenelle e grosse vidure, em Médoc, são sinônimos de carmenère. Merlot e cabernet franc são variedades que foram confundidas com a carmenère no passado

4 – A: Os produtores chilenos já sabiam que havia algo diferente com a merlot. Alguns clones amadureciam antes e outros demoravam muito. Mas foi o ampelógrafo francês Jean Michel Boursiquot que identificou as diferenças e o nome da variedade que não era a merlot.

5 – B: A filoxera, que chegou aos vinhedos de Bordeaux nos anos 1870, destruiu os vinhedos. Quando o porta-enxerto americano foi descoberto como forma de evitar a doença, os produtores desistiram de variedades mais problemáticas, como a carmenère, que amadurece pelo menos três semanas depois da merlot e, em anos mais frios, não consegue nem amadurecer.

6 – C: É uma planta vigorosa, que resulta em cachos pequenos e bem escuros e de ciclo longo de amadurecimento, em geral três semanas depois de a merlot

7 – A: Em geral, é uma uva com acidez mais baixa, o que faz aumentar a sensação de frutas mais doces no paladar. Os taninos verdes aparecem, em geral, quando a uva não maturou completamente

8 – B: Almaviva e Clos Apalta

9 – C: A variedade mais cultivada no Chile é a cabernet sauvignon com 32% dos vinhedos, seguida pela merlot, com 9,07%. A Carmenère é a terceira, com 8,23%, o equivalente a 11,3 mil hectares. Os dados são do Servicio Agricola y Ganadero, do Chile

10 – C: – Além do Chile, que lidera o cultivo, a variedade é plantada na Itália e, com destaque na China. Nos demais países, há carmenère, mas não em grandes quantidades