Bebida

Festivais de cervejas artesanais marcam mês de setembro

A Reinheitsgebot, lei que define regras para a produção de cervejas na Alemanha, completa 500 anos. E, ao contrário do que se pensa, ela não limita os cervejeiros (foto: reprodução/ Shutterstock)

por Pedro Marques

Setembro começa com dois festivais para quem aprecia cervejas artesanais. No primeiro fim de semana do mês (3/9 e 4/9) acontece o 5º Festival de Cerveja Artesanal. O evento será realizado no Memorial da América Latina, em São Paulo, e tem entrada gratuita. Trinta cervejarias têm presença confirmada: Colombina, Blondine, Leuven, Burgman, Freaktion, Hausen Bier, Quinta do Malte, Cevada Pura, Mea Culpa, Fifties Bier, Sapucaí, Doktor Bräu, Bier Nards, Kalango, Crazy Rocker, Caverna, Lhama Louca, 961 Beer, Hebling, Bamberg, Soft Beer, Landel, Confraria, Insana, Ravache, Madalena, Cerveja do Gordo, Donna, Cervejaria Nacional e Tatu Beer.

As bebidas serão comercializadas em garrafas, copos, canecas e kits. Os chopes de 300 ml custarão entre R$ 8 e R$ 12, mas haverá opções maiores (400 ml, 475 ml e 500 ml). Os kits vêm com duas, três ou quatro garrafas long neck à escolha do cliente, acompanhados ou não de copo, com preços a partir de R $35. Mais informações em facebook.com/events/954800374630034/

Já o Ambar, bar especializado em chopes nacionais em Pinheiros (São Paulo), vai oferecer, por uma semana, cervejas produzidas nos Estados Unidos e em outros países. Entre os rótulos que estarão engatados nas chopeiras estão as Lager, Brown Ale, Sorachi Ale, Chocolate Stout e EIPA, da cervejaria Brooklyn (EUA); Black Cab e Honey Dew, da Fullers (Inglaterra); Duchesse de Bourgogne, da Brouwerij Verhaeghe; Weihenstephaner (Bélgica); e All day IPA, Nitro Pale Ale e Mango Magnifico, da Founders (EUA). A International Week, como está sendo chamada a ação, acontece entre 2 e 9 deste mês. Mais informações em barambar.com.br

E, abaixo, confira também uma seleção de cervejas que acabaram de chegar ao mercado nacional.

Bourbon County

bourbon county

No começo de agosto, desembarcou no Brasil, em edição limitadíssima, a Bourbon County, uma das cervejas mais disputadas da cervejaria norte-americana Goose Island, que hoje pertence à Ambev. O rótulo é uma Imperial Stout maturada em barris de bourbon, o uísque norte-americano feito de milho, e tem potentes 14% de álcool. Apenas 672 garrafas de 500 ml vieram ao País, ao preço de R$ 100, cada. Elas também estarão à venda em poucos lugares; para descobrir os pontos de venda, acesse o site followthegoose.com.br.

Tartuferia San Paolo

tartufi lager

O restaurante paulistano especializado nas disputadas e caras trufas lançou, em parceria com a cervejaria Lake Side Beer, a Tartufi Lager, que leva trufas brancas e laranja em sua receita. Tem 4,5% de álcool. A garrafa de 330 ml sai por R$ 29.

Braza

braza

Outro restaurante investido em uma cerveja própria é o Templo da Carne, criado pelo falecido mestre da carne Marcos Bassi e hoje tocado por seus herdeiros. No caso, o rótulo se chama Braza e foi criada em parceria com a cervejaria Rasen, do Rio Grande do Sul. Trata-se de uma American Pale Ale, estilo que combina bem com diversos cortes de carne. A garrafa de 600 ml e 5% de álcool tem preço sugerido de R$ 20.

Berggren

Berggren-IPA

A cervejaria Bergreen, de Campinas (SP), anunciou dois rótulos, uma American Pale Ale e uma American India Pale Ale. As duas cervejas têm, respectivamente, 5,5% e 6% de álcool e são vendidas em garrafas de 500 ml. O preço sugerido é de R$ 25.

Dogma Mosaic Lover

mosaicpress_

Depois de lançar a Citra Lover, uma Imperial India Pale Ale feita apenas com lúpulo Citra, a Dogma lança a Mosaic Lover, que, como o nome sugere, leva apenas o lúpulo Mosaic. O rótulo tem 8,5% de álcool e será vendido por R$ 35, em latas de 473 ml. O próximo lançamento da cervejaria deve ser a Enigma Lover, para destacar as qualidades do lúpulo Enigma.

J.Beer Rye American IPA

alpharyepress_

A cervejaria de Dobrada (SP) se aliou à Dogma para criar seu primeiro rótulo colaborativo, a Alpha Ryeno, uma India Pale Ale que leva malte de centeio. Com 6,2% de álcool, será comercializada em latas de 473 ml, com preços que devem variar entre R$ 30 e R$ 35, dependendo do ponto de venda.

Klasse

klasse altbier

A escola cervejeira Sinnatrah, de São Paulo, lançou em conjunto com as cervejarias Mea Culpa e Realli a Klasse, uma cerveja do estilo Altbier. A receita é assinada pelo cervejeiro Marcelo Sá Earp, ex-aluno da Sinnatrah e vencedor do Concurso Técnico de Cerveja Caseira realizado pela escola em 2015, e leva maltes e lúpulos alemães. Tem cor acobreada, notas de caramelo e traz equilíbrio entre amargor e dulçor. Com 5,5% de álcool, as garrafas de 355 ml têm preço sugerido de R$ 14.

Luxúria 

LUXURIA_Mea Culpa

A cervejaria Mea Culpa, que tem em sua linha de produção cervejas inspiradas em Pecados Capitais, lança mais um rótulo: Luxúria, uma Imperial Stout com notas de café e chocolate meio amargo, e teor alcoólico de 10%. O preço sugerido é de R$ 35 para a garrafa de 355 ml.

Maniacs Brewing Co.

maniacs brewing

Os dois primeiros rótulos dessa cervejaria do Paraná, uma Pilsen (4,5% de álcool) e uma India Pale Ale (4,7% de álcool), chegam em setembro ao mercado brasileiro. A empresa tem um plano de preços agressivo: as garrafas de 300 ml e as latas de 350 ml têm preço sugerido de R$ 6,90, em supermercados e empórios, e de R$ 9,90, em bares e restaurantes. As cervejas estarão presentes em mais de 3 mil pontos de venda e, já no primeiro ano, o objetivo da cervejaria é vender mais de 1 milhão de litros de cerveja.

Tartuferia San Paolo

tartuferiasanpaolo.com.br

Braza

rasenbier.com.br

Berggren

berggrenbier.com.br

Dogma

facebook.com/cervejariadogma/

J.Beer

www.jotabeer.com.br

Sinnatrah

sinnatrah.com.br

Luxúria

cervejameaculpa.com.br

Maniacs Brewing Co.

maniacsbrewing.com.br