Bebida

Vinitaly começa neste domingo com recorde de expositores

Salão do vinho é o maior evento do tipo da Itália (foto: divulgação)

por Ansa

Na sua 51ª edição, o Salão Internacional do Vinho e dos Destilados (Vinitaly), que acontecerá neste ano entre os dias 9 e 12 de abril na cidade italiana de Verona, deverá contar com recorde de expositores e compradores. Segundo o diretor geral da Veronafiere, responsável pelo evento, Giovanni Mantovani, a edição deste ano terá um aumento de 3,3% do número de expositores, que serão 4.272. “Trata-se de um recorde”, disse o italiano ressaltando que neste ano serão 223 os expositores internacionais na feira, o que, segundo ele, é uma “demonstração de quanto o mundo olha sempre mais a Verona”.

“Somos a única feira a apresentar seja uma alma de negócios seja uma cultural sem perder a dimensão da festa do mundo de Baco [deus romano do vinho]. O Vinitaly então será sempre mais sobre negócios e estará ligado ao e-commerce e ao social sem perder a magia e a paixão do vinho de qualidade”, disse o diretor. Além disso, Mantovani comentou que “mais de 50 mil compradores estrangeiros são esperados, com um grupo de chegadas do Reino Unido e um retorno dos russos, acompanhados do seu Ministério da Agricultura”.

A Itália que se apresenta neste ano no salão se confirma como o segundo maior exportador de vinho do mundo, com uma cifra registrada em 2016 de mais de 5,6 bilhões de euros e com um crescimento de 4,3% em relação ao ano anterior. O vinho também é o produto agro-alimentar que registra o melhor saldo comercial positivo, com um lucro que supera 5,3 bilhões de euros. Nesta edição do Vinitaly, a tendência das presenças estrangeiras é dos compradores provenientes do Reino Unido, da Rússia, dos Estados Unidos, da China e de alguns países do norte da Europa. (ANSA)