Cultura

Festival que reúne cinema e gastronomia acontece em GO

O documentário Pelos Caminhos da Turquia, com os irmão Roca, é um dos destaques da mostra (fotos: divulgação)

da Redação da Menu

Nesta quinta (14), começa em Pirenópolis (GO), a oitava edição do Slow Filme – Festival Internacional de Cinema e Alimentação. Com a curadoria do cineasta e crítico Sérgio Moriconi, o evento reúne exibição de filmes sobre comida e diversas atividades paralelas, que neste ano têm como tema a cozinha dos refugiados.

Nesta sexta (15), às 10h, acontece na Universidade Estadual de Goiás (UEG) o workshop Comida de Imigrante e Refugiado, no qual os cozinheiros Ammar Abou Nabout, da Síria, e Fatou Aboua, da Costa do Marfim, irão ensinar diversas receitas tradicionais dos dois países. E no domingo (17), Fatou irá preparar um almoço ao lado do chef Juan Pratginestós, no restaurante Montserrat. O menu com entrada, prato principal e sobremesa (R$ 120, inclui, água, suco e refrigerante) traz opções como o peixe grelhado marinado em limão, cúrcuma e gengibre.

E, desta vez, o festival será composto de 20 filmes, entre longa-metragem, ficção e documentário. Abaixo, confira alguns destaques da mostra (e confira a programação completa aqui):

Tudo Sobre o Assado (2016)

Dirigido por Gastón Duprat e Mariano Cohn (os mesmos de Cidadão Ilustre), o docudrama (documentário com elementos de ficção) aborda de forma muito bem humorada os rituais que envolvem o preparo do clássico churrasco argentino. Sexta, às 17h. 

Faça Humus, Não Faça Guerra (2012)

Será que no homus, pasta à base de grão-de-bico, reside a paz no Oriente Médio? O diretor Trevor Graham tenta responder esta questão complexa ao percorrer cozinhas de Beirute, Tel Aviv e Jerusalém, em busca de diversas versões da receita. Ele também conversa com políticos e ativistas sobre as zonas de conflito. E, após o filme, haverá um bate-papo com Maria Conceição Oliveira, representante do projeto Comida de (I)migrante (SP) e os cozinheiros Fatou Aboua (Costa do Marfim) e Yasmin e Ammar Nabout (Síria). Sexta, às 19h.

Histórias de Sidra (2015)

No documentário espanhol, a diretora Bego Zubia Gallastegi faz uma incursão às sidreiras bascas no período de colheita e mostra todo processo de produção da bebida, que faz parte da identidade do povo basco. Depois da exibição, o público poderá degustar sidras bascas. Sábado, às 17h30

Pelos Caminhos da Turquia

O documentário espanhol, dirigido por Luis González, acompanha a viagem dos irmãos Joan, Josep e Jordi Roca, do premiado El Celler de Can Roca, à Turquia. Durante cinco semanas, eles percorreram desde os mercados de Istambul até os vinhedos da Capadócia em busca de referências para o novo cardápio do premiado restaurante, localizado em Girona, na Espanha. E a sessão será seguida de uma degustação de pratos turcos, promovida pela Embaixada da Turquia. Sábado, às 19h. 

 

Slow Filme

data 14 a 17 de setembro

ingressos grátis

Cine Pireneus 

Rua Direita, 8 e 9 (veja no mapa)

Pirenópolis – GO