Acontece

Morre aos 91 anos o lendário chef Paul Bocuse

da Redação da Menu 

Neste sábado (20), morreu em Lyon, na França, o lendário chef Paul Bocuse. Há alguns anos, ele sofria com o mal de Parkinson e não estava mais à frente do seu restaurante homônimo. Mas, vez ou outra, era possível vê-lo circulando pelo salão.

Considerado o Papa da gastronomia, Bocuse foi precursor da nouvelle cuisine, movimento iniciado na década de 1970 e que revolucionou a gastronomia mundial. Ficou conhecido como o chef do século 20 por ostentar as suas três estrelas no Guia Michelin há mais de 50 anos.

Outros feitos de Bocuse foram a criação do Institut Paul Bocuse em 1990, uma das mais renomadas escolas de gastronomia do mundo, e o Sirha, uma das feiras de gastronomia e hotelaria mais importantes do mundo, que acontece a cada dois anos em Lyon. O Sirha também é cenário do Bocuse d’Or, um dos mais emblemáticos concursos para jovens chefs.

Ao jornal francês Le Figaro, o ex-prefeito de Lyon, Gérard Collomb, afirmou que Bocuse “era a França. Conhecido por sua simplicidade e generosidade, ele dominava como ninguém a arte de viver. Que nossos líderes em Lyon, como em todos os cantos do mundo, cultivem os frutos de sua paixão.”