Cultura

Programas de confeitaria estreiam na Netflix

Bolo feito pela chef pâtissière Christina Tosi para a abertura da nova temporada de Chef's Table, que estreia no dia 13 de abril (foto: divulgação)

da Redação da Menu 

Os entusiastas das sobremesas têm alguns (doces) motivos para acessar a Netflix neste mês. Afinal, recentemente, o catálogo da plataforma de streaming ganhou o reforço de novos programas dedicados ao universo da confeitaria. É o caso do reality show Zumbo’s Just Desserts, uma espécie de Masterchef das sobremesas comandado pelo badalado chef pâtissier australiano Adriano Zumbo, em que confeiteiros amadores passam por uma disputa acirrada pelo prêmio de 100 mil dólares.

Já o programa Mandou Bem (Nailed it, EUA) vai na contramão, ao eleger o menos pior entre os piores confeiteiros. Apresentado pela comediante Nicole Beyer e pelo chef chocolatier argelino radicado em Nova York, Jacques Torres, o programa norte-americano consiste numa disputa entre confeiteiros desastrados, que tem que reproduzir doces e bolos confeitados por profissionais. E o vencedor – ou menos pior – conquista o prêmio de 10 mil dólares. É claro que o resultado é um show de horrores, mas, pelo menos, é garantia de boas risadas.

O chef chocolatier Jacques Torres dando algumas dicas para participante do Mandou Bem (foto: divulgação)

E nesta sexta (13), estreia na plataforma de streaming mais uma temporada de Chef’s Table. Mas, desta vez, os chefs saem de cena e dão lugar a quatro confeiteiros badalados, que narram sua trajetória e desafios no programa criado por David Gelb. São eles: Christina Tosi, da rede de confeitarias Milk Bar (pertencente ao grupo Momofuku, de David Chang – EUA); Corrado Assenza, do Caffé Sicilia (Sicília – Itália); Jordi Roca, do El Celler de Can Roca (Girona – Espanha); e Will Goldfarb, do Room4Dessert (Bali – Indonésia). Confira o teaser abaixo: