Sem-categoria

pudim de atemoia com calda de limão-cravo, cardamomo e beterraba

por Renata Vanzetto e Ubiratan Vieira 

30 g de de gelatina em pó, incolor e sem sabor
6 atemoias
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite sem soro

calda de limão-cravo e cardamomo

200 g de açúcar
200 ml de água
8 sementes de cardamomo amassadas
Suco de 4 limões-cravo
1 colher (sopa) de mel

para servir

½ beterraba, cortada em rodelas bem finas e, depois, em meia-lua
Flores comestíveis

pudim de atemoia

Hidrate a gelatina em água conforme instruções da embalagem. Corte as atemoias ao meio e retire a polpa com o auxílio de uma colher. Passe pela peneira e reserve 2 e 1/2 xícaras (chá) da polpa. Descarte as sementes que ficarem mesmo depois de peneirar a polpa. Bata no liquidificador o leite condensado, o creme de leite e a polpa reservada. Junte, aos poucos, com o liquidificador ligado, a gelatina hidratada. Coloque em 8 forminhas individuais umedecidas com água, ou em uma forma grande com furo no meio umedecida com água. Leve à geladeira até ficar firme, cerca de 6 horas.

calda de limão-cravo e cardamomo

Coloque o açúcar em uma panela e leve ao fogo médio até atingir ponto de caramelo. Depois, acrescente a água e os outros ingredientes. Cozinhe por 5 minutos, desligue o fogo e deixe esfriar. Coe e reserve.

para servir

Regue o pudim com a calda de limão-cravo, decore com as beterrabas e as flores comestíveis. Se preferir, em vez da beterraba decore o pudim com frutas vermelhas.

rendimento 1 pudim grande ou 8 pudins individuais; preparo 1 horas (+ 6 horas de geladeira); execução moderada

 

Marakuthai

grupomarakuthai.com.br