Acontece

Joël Robuchon morre aos 73 anos

O renomado chef francês faleceu de câncer, aos 73 anos (foto: divulgação)

da Redação da Menu 

Morreu nesta segunda (6), em Genebra, aos 73 anos, o renomado chef francês Joël Robuchon. Ele estava na luta contra um câncer. Nascido em Poitiers, oeste da França, foi chef do hotel Concorde La Fayette, de Paris. Anos depois, os negócios se expandiram e ele chegou a ter 20 restaurantes espalhados pelo mundo, que acumularam nada menos que 30 estrelas Michelin. E ele foi laureado como o chef do século pelo guia francês Gault et Millau, em 1990.

O falecimento do renomado chef foi comunicado por Benjamin Griveaux, porta-voz do governo francês. Em nota, ele afirmou que “de Paris a Xangai, seu ‘savoir-faire’ constituído em arte irradiou a gastronomia francesa e continuará a inspirar a jovem geração de chefs.”

Chefs do mundo inteiro lamentaram a morte do grande chef pelas redes sociais. “Sentimos muita falta deste grande visionário, que fazia parte da nossa história. Ele brilha agora no firmamento dos grandes chefs”, escreveu Anne-Sophie Pic.

https://www.instagram.com/p/BmIgQkNHOt-/?taken-by=annesophiepic

E os chefs que atuam no Brasil também lamentaram a morte de Roubuchon pelas redes sociais. É o caso do chef francês Claude Troisgros, que publicou uma foto no qual Robuchon aparece ao lado de renomados chefs como Alain Ducasse e Paul Bocuse, que faleceu no início deste ano. “Adeus mr. Robuchon, obrigado por tudo”, escreveu ele.

Au revoir Mr. Robuchon, obrigado por tudo..

A post shared by Claude Troisgros (@c_troisgros) on

Já o chef Emmanuel Bassoleil, do restaurante Skye, de São Paulo, escreveu: “Obrigado chef por tudo que você fez pela gastronomia francesa.”

https://www.instagram.com/p/BmIuTInncum/?taken-by=ebassoleil

E o chef Alex Atala, do restaurante D.O.M, de São Paulo, publicou uma foto sua com Robuchon e escreveu: “Obrigado.”

https://www.instagram.com/p/BmI3awAhGBG/?taken-by=alexatala

O chef francês Laurent Suaudeau, que comanda escola que leva o seu nome em São Paulo, escreveu. “Joel Robuchon deixa um legado para todos os cozinheiros e demais profissionais da gastronomia, representado por três palavras: rigor, respeito e reflexão.”