Bebidas-2

Conheça o lugar onde os Vips comem formigas e conhecem champanhe espacial

Glamour marca a tradicional corrida de cavalos de Melbourne (Foto: Foto: Reprodução/iStock)

Da redação da Menu

Já imaginou chegar num dos eventos mais badalados do mundo, repleto de celebridades e magnatas, degustar uma sobremesa feita de formiga e conhecer o champanhe projetado para ser consumido no espaço? Pois é recepção dos convidados do recinto Birdcage da Melbourne Cup, corrida de cavalos de maior prestígio da Austrália.

Mas o que chama a atenção são as 55 mil formigas que o chef neozelandês Bem Shewry serve aos convidados. Ele serve um sorvete de lamington que é revestido em formigas pretas australianas e coco com chocolate cultivado e feito à mão na Floresta Daintree, em Queensland.

Outro destaque do recinto é a marquise temática “Odisséia no Espaço”, da casa de champanhe francesa Maison Mumm. A tenda é centrada em torno de seu Mumm Grand Cordon Stellar, considerada a primeira garrafa de champanhe projetada para viagens espaciais para que possa ser consumida por astronautas e viajantes.

A garrafa de alta tecnologia usa o gás do champanhe para liberar o líquido no ar em uma bola de espuma efervescente. “Por causa da gravidade zero, o líquido reveste instantaneamente todo o interior da boca, ampliando as sensações gustativas. Há menos efervescência e mais redondeza e generosidade, permitindo que o vinho se expresse completamente”, disse o diretor da adega de Mumm, Dider Mariotti.

Como apenas 30 garrafas foram produzidas durante a produção, infelizmente, as garrafas A só têm a chance de olhar, mas não provar o champanhe, que foi enviado para Melbourne diretamente de Paris.

Alguns participantes s pagaram US$ 2.200 para acessar a área exclusiva da prova, que está entre as mais ricas do mundo. A corrida de US$ 7,3 milhões começou em 1861 e evoluiu para um festival de uma semana, onde a corrida de cavalos não é seu único foco, mas também moda, entretenimento e hospitalidade.