Cultura

Cinema nacional: três filmes para assistir

“Gosto se discute” mostra um chef que perde o paladar (Foto: Divulgação)

Da Redação da Menu

Na semana em que se comemora a primeira exibição cinematográfica pública no Brasil, realizada em 5 de novembro de 1896 no Rio de Janeiro, a Menu apresenta três filmes nacionais que valem a pena ser conferidos. Outra data significativa é 19 de junho. Pegue a pipoca, convoque os amigos e divirta-se!

Estômago – Dirigido por Marcos Jorge, o filme lançado em 2008 narra a história de Raimundo Nonato, vivido por João Miguel, imigrante nordestino que tenta a sorte na cidade grande. Trabalhando como faxineiro, descobre o talento para cozinhar. Suas receitas caem no gosto do público e o bar torna-se um sucesso. Ele acaba contratado como assistente de cozinha num restaurante italiano e se envolve com a prostituta Iria, interpretada por Fabíula Nascimento.

Gosto se discute – Protagonizado por Cassio Gabus Mendes e Kéfera Buchmann, o longa dirigido por André Pellenz e lançado em 2017 apresenta o chef Augusto, que enquanto tem de lidar com a concorrência de um food truck conduzido por seu ex-pupilo e tem que lidar com Cristina, convocada para trazer o restaurante de Augusto aos dias de Glória. Em meio a tudo isso, ele ainda tem que lidar com a perda repentina do paladar.

O veneno está na mesa – Lançado em 2011 pelo documentarista Silvio Tendler, o filme apresenta relatos de especialistas e agricultores que alertam sobre os riscos da utilização de agrotóxicos em excesso nas lavouras brasileiras, que pode ser prejudicial tanto para produtores rurais quanto para os consumidores.