Comidas

Conheça o lugar em que macarrão instantâneo é mais valioso que ouro

Macarrão instantâneo é a principal moeda de troca nas prisões dos Estados Unidos (Foto: Reprodução/iStock)

da Redação da Menu

Nos comissários das prisões nos Estados Unidos – loja na qual os detentos comprem guloseimas e produtos de higiene pessoal -, um pacote de macarrão instantâneo custa cerca de 59 centavos de dólar (pouco mais de dois reais).

Porém, quando o macarrão sai da lojinha, é possível adquirir quase tudo com ele, desde drogas e itens mais raros, até mesmo favores. Isso acontece porque existe uma economia informal dentro das prisões, que transforma um pacote em moeda, inflacionando seu valor para mais de 1000% em alguns casos.

Qualquer coisa que substitua dinheiro deve ser durável, portátil, divisível em medidas padronizadas e altamente valorizado. Diferentemente de outras “moedas” que já foram tentadas ao longo dos anos, como selos, que são caros, e cigarros, que foram banidos da maioria das prisões nos Estados Unidos.

Em situações de extremo, os detentos podem estocar todos os pacotes do comissário e vender pelo seu próprio valor, ou mesmo trocar por poder e influência.

Além de ser moeda corrente nas prisões, o macarrão instantâneo serve ainda para suplementar a alimentação disponibilizada para os detentos, que não é suficiente.