Comidas

Morte de Roger Jaloux, braço-direito de Paul Bocuse, repercute no mundo todo

Roger Jaloux, renomado chef francês, faleceu aos 76 anos (Foto: Reprodução)

da Redação da Menu

O renomado chef francês Roger Jaloux morreu no domingo, dia 18 de novembro, aos 76 anos, vítima de um câncer. Ele foi braço-direito de Paul Bocuse – falecido em janeiro de 2018 – por mais de 40 anos, comandando a estrelada cozinha do L’Auberge de Collonges-au-Mont-d’Or.

Sua morte foi sentida por cozinheiros brasileiros como Jefferson Rueda, treinado pelo francês em 2003, para competir no Bocuse D’Or. “Sinto que sou um homem privilegiado por ter trabalhado ao lado de gente que construiu e concretizou o alicerce da gastronomia no mundo! Obrigado Roger Jaloux!”, declarou Rueda em sua conta no Instagram.

Também mentor de Rueda, o chef francês Laurent Suaudeau, radicado no Brasil, lamentou a morte do colega: “Todos sabiam o quanto esse homem era fenomenal numa cozinha no meio de uma brigada. Líder, perfeccionista e de uma disciplina rara e exemplar. Um livro de sabedoria, um homem comprometido com o conhecimento”, escreveu.

A impresa mundial, especialmente na França, deu espaço para a trajetória do chef em suas páginas e sites, como o Le Figaro.