Comidas

Conheça curiosidades do panetone, sobremesa ícone do natal

História de amor inspirou a sobremesa mais famosa do Natal (Foto: Reprodução/iStock)

por Rogério Santos

Se o peru é o prato principal das festas natalinas, o panetone é sem dúvida a sobremesa mais esperada nesta época do ano. Da receita tradicional com frutas cristalizadas, gotas de chocolate e as versões recheadas, a iguaria de origem italiana caiu no gosto dos brasileiros.

Segundo a lenda, o panetone surgiu no século XV, embalado por uma história de amor. Uma das versões mais famosas da história diz que Toni, um confeiteiro milanês preparou um pão com uvas passas, cascas de laranja e limão confitadas para conquistar a filha de um nobre. A receita fez tanto sucesso que o “Pani di Toni”, conquistou não apenas a família de sua amada, mas o mundo todo.

No Brasil, o sucesso da versão tradicional levou a indústria a investir em outras variedades, como o chocotone, que substitui as frutas por gotas de chocolate. Depois foi a vez dos panetones recheados ganharem espaço, com versões com chocolate, doce de leite, creme de avelã entre outras variedades.

Há também os panetones artesanais, feitos com fermento fresco (como o levain), bons ingredientes e um rigoroso processo de execução. Sem adição de conservantes, a massa precisa de um período apropriado de fermentação antes de ser assada. Essa variedade produzida por chefs e confeiteiros ganha cada vez mais apreciadores.

E como a criatividade do brasileiro parece não ter limites, há versões inusitadas da receita original italiana, como sorvete, trufa e tiramussú.

Para saber um pouco mais sobre as opções de panetone no mercado, confira a avaliação da Menu para 23 variedades  para o Natal deste ano. Também preparamos uma lista de receitas com panetone e os locais em São Paulo onde se pode provar sobremesas que tem como base a receita do pão italiano.

Avaliação de panetones 

Receitas de panetone 

Sobremesas com panetone