Revistas

Camboja exótico e saboroso

Por Daniela Filomeno

Deixe de lado as esquisitices dos insetos fritos e mergulhe na deliciosa culinária da capital cultural do Camboja, Siem Reap, onde fica a cidade anciã de Angkor e seus templos. A gastronomia local prima por ingredientes frescos e temperos naturais, com muitas especiarias. São diversos pratos que valem experimentar, entre eles: o peixe amok, com especiarias e leite de coco; vegetais com molho de ostra; pratos diversos da culinária kmer, como o frango com capim-limão e o inesquecível rolinho vietnamita. Um dos locais mais incríveis para explorar essa gama de sabores é o restaurante do hotel Amansara (aman.com/resorts/amansara/dining-experience), do grupo Aman – aproveite para fazer a refeição à beira da piscina, com uma taça de um bom vinho branco. Para quem tiver coragem – e estômago –, as comidas de rua pelas barracas de Siem Reap apresentam opções exóticas como aranhas, grilos e morcegos fritos.

Simples e imperdíveis

Para provar as delícias cambojanas, o Chanrey Tree (chanreytree.com) é um restaurante descolado com ambiente clean. Está entre os mais indicados de Siem Reap – e não decepciona, vale reservar para o jantar. Experimente o peixe amok com curry e leite de coco (KHR$ 8,70) e a salada de berinjelas grelhadas com molho de gergelim (KHR$ 6,40). Simples e também recomendado, Madame Butterfly (madamebutterfly-restaurant.com) oferece uma gama de pratos típicos, bom para um almoço. Os rolinhos vietnamitas vêm com vegetais, ervas locais e frutos do mar enrolados em papel de arroz e servidos com molho de amendoim (KHR$ 7,75). Não deixe de experimentar o arroz frito bai char samot (KHR$ 10,75) com camarões, lulas, caranguejos, mariscos, abacaxi, tomate, ovos e molho de ostras.

Conhece a cozinha khmer?

O hotel mais tradicional de Siem Reap, Raffled Grand Hotel d’Angkor foi fundado em 1922 e abrigou a família real. Hoje, guarda uma preciosidade da culinária local: o restaurante Le Grand (raffles.com/siem-reap/dining/restaurant-le-grand/), que traz a verdadeira cozinha real khmer, transmitida ao longo dos séculos pelos chefs do Palácio Real. Fique com a salada de camarões de rio com pomelo (KHR$ 16) e a lagosta caramelizada com gengibre, caule de brócolis e molho de ostras (KHR$ 44), uma das melhores que já comi.