Comidas

Dona Lucinha, ícone da culinária mineira, morre aos 88 anos

DONA LUCINHA, ÍCONE DA CULINÁRIA MINEIRA, MORRE AOS 88 ANOS
DONA LUCINHA, ÍCONE DA CULINÁRIA MINEIRA, MORRE AOS 88 ANOS

da redação da Menu

Maria Lucia Clementino Nunes, a Dona Lucinha, ícone da culinária mineira, morreu nesta terça-feira, aos 88 anos. 

Com um vasto currículo, que incluía funções como cozinheira, doceira, escritora, feirante, salgadeira, professora e até vereadora, a cozinheira deixou um amplo legado de preservação das raízes na gastronomia brasileira. Além de todas essas atividades, Dona Lucinha também dá nome à rede de restaurantes de comida mineira criada pela filha, a chef Elzinha Nunes.

No Carnaval de 2015, Dona Lucinha e seu livro “História da Arte da Cozinha Mineira” viraram samba-enredo em homenagem da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro.

Em luto, as três unidades do restaurante – duas em Belo Horizonte e uma em São Paulo – ficarão fechadas nesta terça. A cozinheira será cremada amanhã, 10 de abril, às 10h, em cerimônia privada em BH.