Comidas

Confira dicas para fazer ovo de Páscoa em casa

Personalize seu ovo de Páscoa preparando-o em casa (Foto: Reprodução/iStock)

por Rogério Santos

Quando chega esta época do ano as prateleiras das lojas e supermercados ganham um colorido especial: são os ovos de Páscoa que pedem passagem. As opções vão desde os tradicionais ao leite, branco e amargo, passando pelos ovos de meia casca recheada, como você pode conferir aqui na degustação às cegas que a Menu realizou com 29 lançamentos para a Páscoa deste ano. Mas se você vai colocar a mão na massa e preparar o ovo de chocolate em casa, aproveite as dicas que preparamos com auxílio de duas profissionais do ramo: a chef pâtissier Carole Crema e a confeiteira e professora do Senac, Alessandra Pires.

Confira receitas de ovo de Páscoa!

Primeiros passos

Antes de iniciar o preparo é necessário definir qual tipo de ovo será preparado (tradicional, casca recheada, ou meia casca com recheio no meio). Nesta etapa será definido o chocolate a ser utilizado: ao leite, branco, amargo. Vale lembrar que deve-se optar sempre por um chocolate de qualidade.

Feito isso, é hora de colocar a mão na massa. Alessandra considera que é importante separar previamente os ingredientes que serão utilizados, bem como os utensílios. “Deve-se higienizar a bancada onde se irá trabalhar e evitar o contato da água com o chocolate”, ressalta a docente.

Derretendo o chocolate

O chocolate deve ser derretido em temperatura que não deve ultrapassar 45°C ou 50°C.  O processo pode ser feito em banho-maria, cortando o chocolate em pedaços pequenos e colocando-os numa tigela de vidro ou metal, sobre outro recipiente com água quente. O chocolate é misturado conforme vai amolecendo até adquirir uma textura lisa. Deve-se ter cuidado para evitar o contato da água com o chocolate, se isso acontecer vai prejudicar o resultado final.

A outra maneira é utilizando o micro-ondas, derretendo o chocolate utilizando o aparelho na potência média, fazendo pausas a cada 30 segundos até que o mesmo fique derretido.

Temperagem

Após ser derretido, o chocolate precisa ser resfriado a uma temperatura de aproximadamente 28°C para ser moldado. Esse processo chama-se temperagem e garante que o chocolate fique compacto e homogêneo.

O procedimento pode ser feito em uma mesa de mármore. Para isso coloque 2/3 do chocolate derretido e mantenha a massa em movimento, com auxílio de uma espátula, mexendo sem parar. Faça isso até o chocolate ficar espesso. Junte a mistura com o restante do chocolate derretido, e mexa até obter uma textura homogênea.

Outro modo de fazer a temperagem é adição, ou seja, para cada 750 g de chocolate derretido é acrescentado 250 g de chocolate picado em pedaços pequenos, mexendo posteriormente.

Após o a temperagem, chega o momento de distribuir o chocolate na forma com auxílio de uma espátula e levá-lo à geladeira. “Se o chocolate for temperado corretamente, 15 minutos são suficientes para ele  firmar”, Explica Carole. Segundo ela, é importante não abrir a geladeira nesse período. “Se isso acontecer o chocolate pode absorver umidade e isso não é bom para o chocolate”, completa a pâtissier.

Tipos de forma para ovo de Páscoa

Nesta época do ano é muito fácil encontrar formas para ovos de Páscoa em lojas e supermercados. Embora sejam parecidas, existem algumas diferenças de acordo com o material com que são produzidas:

Silicone – Resistente e fácil de limpar. Algumas formas deste material são divididas em 3 partes. Basta colocar o chocolate até a marca determinada, encaixar as outras peças e levar à geladeira.

Acetato – São as mais acessíveis e baratas. Possuem grande variedade de modelos e moldes diferentes. O ponto negativo é a baixa durabilidade.

Policarbonato – Rígidas e resistentes, são as mais utilizadas em confeitarias profissionais e tem boa durabilidade.

Polipropileno – Feitas com material resistente, é fácil de desenformar e proporciona bom acabamento ao chocolate.

Cuidados finais

Chega o tão aguardado momento de retirar o ovo de Páscoa da geladeira. Entretanto alguns cuidados são importantes antes de consumi-lo. “Quando for manusear ovo, o ideal é utilizar uma luva para que o mesmo não fique manchado”, ressalta Alessandra Pires.

Se você optar por um ovo recheado, existem várias combinações possíveis, faça a que mais lhe agrada, mas não esqueça de sempre utilizar produtos de boa procedência.

Já para armazenar o ovo de Páscoa, deixe-o em local seco e ventilado, em temperatura média de até 20ºC. O contato excessivo com luminosidade e ar provocam a oxidação do chocolate, deixando-o com cheiro e sabor desagradável.

Se o seu objetivo é presentear alguém com o ovo de Páscoa que produziu em casa, é só escolher uma embalagem de sua preferência, que podem ser encontrada nas lojas que vendem formas para chocolate.

Caso a sua preferência não seja pelos ovos de chocolate, confira estas receitas de sobremesas que na qual ele é o protagonista.

Outras sobremesas com chocolate