Comidas

Conheça os ovos da Páscoa que são sucesso na Espanha

Chocolate em forma de casquinha de sorvete oferecido pela Confeitaria Escribà para celebrar a Páscoa (Foto Escribà/Divulgação)

Por Bruna Amendola, de Barcelona

Desde a Antiguidade, o ovo de Páscoa é um presente conhecido na Europa, quando amigos e familiares recebiam ovos de galinha ou pata decorados e pintados a mão. Com o tempo foi ganhando protagonismo – alguns eram verdadeiras joias, como os de Zar, na Rússia, feitos de ouro com esmeraldas e diamantes encrustados – e até que no século 19 italianos, franceses e alemães passaram a fazer o ovo de chocolate, tradição que até hoje faz parte de muitos países, cada uma com sua peculiaridade.

Aqui na Espanha, a tradição é que o padrinho presenteie seu afilhado com um tradicional bolo, feito com açúcar, farinha e ovos, de trabalhosa elaboração, (semelhante à nossa colomba pascal), e com uma figura de chocolate chamada de “mona” de Páscoa. Por conta dessa moda, os grandes chefs pâtissiers se reinventam a cada ano para criar os melhores e mais chamativos ovos ou figuras de Páscoa, surpreendendo adultos e aos mais pequenos com as espetaculares esculturas.

Aqui alguns deles:

Rocambolesc (Foto: Divulgação/Rocambolesc)

Jordi Roca, o chef confeiteiro da família do Celler de Can Roca, fez para sua sorveteria Rocambolesc, em Girona, uma Páscoa inspirada no filme “O Poderoso Chefão”, que na Espanha é conhecido como o “Padrinho” e também transformou-se nele (confira os vídeos no instagram @rrocambolesc). Roca criou para seu afilhado o “ovo do dragao”, da série Game of Thrones, do personagem Daenerys Targaryen.

Doraemon (Foto: Divulgação/Escribà)

Já Christian Escribà, a quarta geração de chefs confeiteiros da loja Escribà, de Barcelona, fez várias esculturas de chocolate para esta Páscoa, inspirado em figuras infantis, como o Doraemon (personagem de mangá japonês, na foto). Na Escribà, a genialidade vem do passado quando Antoni Escribà, pai de Christian, criou para Pablo Picasso nada menos que uma réplica de chocolate da famosa estátua de Monumento a Colombo, que fica em Barcelona.

Oriol Balaguer (Foto: Reprodução/Instagram Oriol Balaguer)Enquanto muitas confeitarias famosas se dedicam a figuras mais lúdicas, outras como a Hoffman ou Oriol Balaguer (foto) reproduzem verdadeiras joias usando chocolate de “cacao gran cru”, procedente da Venezuela e de São Tomé. Quanto aos preços, rondam entre 150 e 600 reais.

Escribá

Hoffman

Oriol Balaguer

Rocambolesc