Acontece

Queijos brasileiros ganham 58 medalhas em Mundial na França

Mundial do Queijo acontece a cada dois anos, premiando os melhores queijos do mundo (Foto: Reprodução/iStock)

da redação da Menu

A 4ª edição do Mondial du Fromage – Mundial do Queijo – aconteceu no último fim de semana, na cidade de Tours, na França, e gerou 58 medalhas para os queijos brasileiros.

Dessas, quatro medalhas foram super ouro, que são concedidas a produtos que já foram ouro e voltam em outra edição para uma nova avaliação. Entre eles, três são da Serra da Canastra (MG): o curado Santuário do Mergulhão, o Vale da Gurita e o Queijo do Ivair. O quarto super ouro é o Pardinho, Cuesta com oito meses de maturação, produzido na cidade homônima do interior de São Paulo.

Mundial do Queijo acontece a cada dois anos, premiando os melhores queijos do mundo (Foto: Reprodução/iStock)

O Brasil ainda levou seis ouros, 23 pratas e 23 bronzes na premiação, sendo 50 de todas as medalhas para o estado de Minas Gerais e 24, especificamente, da Serra da Canastra.

Segundo os dados da organização do evento bienal, foram 952 queijos inscritos, provenientes de 15 países. Só do Brasil, foram 137 participantes. A premiação leva em conta a qualidade dos queijos apresentados, o que possibilita diversos medalhistas numa mesma categoria.

Três queijos da Serra da Canastra levaram a medalha super ouro (Foto: Divulgação/Serra da Canastra)

Confira todos os vencedores brasileiros do Mondial du Fromage 2019:

Super Ouro
Vale da Gurita – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Santuário do Mergulhão – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra (curado)
Queijo do Ivair – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Pardinho – Cuesta (oito meses)

Ouro
Mineirinho – Queijo Minas Artesanal de Araxá
Rancho 4R – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra (180 dias)
Queijo Canaã
Fazenda Bela Vista – Queijo Artesanal de Alagoa (60 dias)
Queijos Cruzília – Cruzília 300
Rancho das Vertentes – Névoa Tronco de Pirâmide

Prata
Sertanejo – Queijo Minas Artesanal do Serro
Maria Nunes – Queijo Minas Artesanal do Serro
Turvo Grande – Queijo Minas Artesanal do Serro
Santana – Queijo Minas Artesanal do Serro
Dona Iaiá – Queijo Minas Artesanal do Serro
Zé Mário – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Santuário do Mergulhão (extra-curado) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Roça da Cidade (canastra real) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Vale Encantado – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Capão Grande – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Pingo de Amor (meia-cura) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Pingo de Amor (curado) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Pingo de Amor (22 dias) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Queijo Craveiro
Ruda – Débora Pereira
Fazenda Bela Vista (45 dias) – Queijo Artesanal de Alagoa
Fazenda Bela Vista – Queijo Artesanal de Alagoa (120 dias)
Queijos Cruzília – Requeijão
Pardinho – Mandala (12 meses)
Fazenda São Victor – Queijo do Marajó tipo creme
Bela Fazenda – Sinueiro
Queijo d’Alagoa – Queijo Artesanal de Alagoa (pequeno)
Serra dos Arachás – Queijo Minas Artesanal de Araxá

Bronze
Curupira – Queijo Minas Artesanal do Serro
Paixão – Queijo Minas Artesanal do Serro
Rio das Pedras – Queijo Minas Artesanal do Serro
Quilombo – Queijo Minas Artesanal do Serro
Queijo do Serjão – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Valtinho – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Tradição da Canastra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Rancho 4R (60 dias) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Queijo do Ivair – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Queijo do Dinho – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Queijo do Miguel – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Porto Canastra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Queijo do Cláudio – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Beira da Serra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Queijo da Santa – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Capela Velha – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
Cooperativa do Serro – Queijo Minas Artesanal do Serro
Hélder Falcão Aragão – Queijo Falcão (massa crua)
Laticínio Grupiara – Serra do Pico
Queijos Cruzília – Dagano
Queijaria Datas – Fazenda Vitória
Queijaria Datas – Queijo Datas Guzerá
Bicas da Serra – Queijo Minas Artesanal do Campo das Vertentes (Império)