Comidas

Terraço Itália tem história romântica também na cozinha

Pasquale Mancini e Beth Vasconcellos, o casal de chefs por trás do Terraço Itália (Foto: Divulgação/Terraço Itália)

por Esther Morel

Quando falamos em lugares para comemorar o Dia dos Namorados em São Paulo, o Terraço Itália vem à mente na hora. Mas você sabia que a casa, que já foi palco de tantos pedidos de casamento, bodas e festejos românticos, também tem a sua história de amor entre as panelas?

Beth Vasconcellos, chef pâtissiere, e Pasquale Mancini, chef executivo, estão juntos há mais de 20 anos, quando se conheceram em um casamento de uma amiga dela, na Toscana, em 1994.

“No Brasil, eu trabalhava com vendas, sempre trabalhei com isso. Aí fui pra Itália pro casamento dessa amiga, que sempre me dizia pra ir morar lá, mas eu nunca quis. Fui pro casamento e acabei conhecendo ele [Pasquale], na cidade onde ele morava”, lembra Beth Vasconcellos.

Filé mignon com trufas e mil folhas de legumes ao creme de grana padano, criação de Pasquale Mancini (Foto: Divulgação/Terraço Itália)

Na época, Beth não sabia quase nada de cozinha e nunca tinha pensado nisso uma profissão. Mas a paixão, tanto por Pasquale quanto pela gastronomia, veio rapidamente. Mesmo assim, quando o assunto é trabalho, o relacionamento sempre ficou de lado. “Aqui eu não tenho um marido, eu tenho um chef”, frisa Beth, que faz questão de manter cada situação em seu lugar.

Pouco depois do casamento, Beth decidiu se mudar para a Itália, onde ficaram até serem convidados pelo Terraço Itália, em 2012. Desde lá, o casal já viveu várias aventuras com a gastronomia, desde o momento em que decidiram preparar gelatos na casa – na época, eram poucos os chefs que faziam em São Paulo – até cozinhar para o Papa Francisco, em sua visita ao Brasil.

“Fomos escolhidos para fazer parte da equipe que recebeu o papa. Ficamos uma semana na mesma habitação”, recorda Pasquale. “Na habitação do papa, ninguém pode entrar, só as freiras, que limpam e arrumam tudo. As únicas pessoas que tinham autorização para passar do portão pra dentro éramos eu e ele”, complementa Beth.

Torta fiorentina com frutas vermelhas e sorbet de pêra willians, criação de Beth Vasconcellos (Foto: Divulgação/Terraço Itália)

A experiência, assim como várias outras que o casal viveu desde que se encontrou, foi transformadora. Hoje, aproveitam cada minuto fora da cozinha, viajando uma vez por ano e também tirando as folgas.

“Essa é uma vantagem, como ficamos 24 horas juntos, tiramos nossas folgas juntos também. Gostamos de sair para jantar, conhecer restaurantes novos e uma vez por ano vamos para a Itália”, diz Beth, que, assim como Pasquale, não quer nem saber de cozinhar em casa.

Terraço Itália tem vista panorâmica para o centro de São Paulo (Foto: Divulgação/Terraço Itália)

Apesar de brincar que foi ele quem trouxe a Beth para o mundo da cozinha e, por isso, seria o medalhão da sorte dela, Pasquale também tem seu lado romântico: “Nunca imaginei que viria morar, trabalhar e viver a minha vida no Brasil. Tudo tem que ter um trabalho e um empenho e foi ela que me deu todas essas oportunidades”.

E foi amor à primeira vista? Beth tem a resposta na ponta da língua: “O amor veio com o tempo. Foi um sentimento muito forte, que pediu que eu mudasse a minha vida. E ela mudou”.

Como toda história de amor que envolve comida, nada melhor do que terminar com receitas! Aqui no site da revista Menu você encontra um jantar completo – com entrada, prato principal e sobremesa -, preparado pelo casal de chefs, para deixar a comemoração do Dia dos Namorados ainda mais especial.

Entrada: Pappa al Pomodoro

Prato principal: Paccheri com lagostim

Sobremesa: Mousse de chocolate e crocante de amêndoas

Terraço Itália
Av. Ipiranga, 344, 41º andar, República – São Paulo/SP
Segunda a quinta, 12h à 0h; sexta e sábado, 12h à 1h; domingo, 12h às 23h
@terracoitalia