Cultura

Arkansas proíbe rotular como “carne” produtos à base de vegetais

Polêmica sobre rotulagem dos alimentos feitos com plantas chegou aos tribunais (Foto: Reprodução/iStock)

da redação da Menu

A guerra pela rotulagem de alimentos à base de plantas ganha mais um capítulo nos Estados Unidos. Após o Missouri impedir que produtos à base de vegetais sejam chamados de “carne”, agora a polêmica chegou ao estado do Arkansas.

Segundo o Food and Wine a lei de rotulagem de carne local aprovada recentemente, impõe multas a marcas que usam carne, laticínios ou arroz em produtos que não se encaixam na definição clássica desses termos.

Com isso, uma batalha judicial teve início, com grupos contrários e favoráveis à medida. De acordo com a Associated Press, a lei foi redigida pelo deputado estadual David Hillman, um produtor de arroz que afirmou que esses termos estão sendo usados ​​para confundir os consumidores.

“As marcas baseadas em plantas percebem que a única maneira de fazer as pessoas experimentarem o produto é confundi-los”, diz o parlamentar.

Por outro lado, Jaime Athos, CEO da  Tofurky, empresa do ramo alimentício à base de vegetais, rebate as declarações.

“O que realmente está acontecendo aqui é que o estado de Arkansas está tentando limitar o acesso a escolhas alimentares mais saudáveis ​​e sustentáveis ​​para seus constituintes”, afirmou Athos.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana