Acontece

Conheça dez opções gastronômicas no centro de São Paulo

Região abriga inúmeras opções de bares e restaurantes (Foto: Reprodução/iStock)

por Rogério Santos

A cidade de São Paulo respira gastronomia. Segundo dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), a capital paulista conta com 23 mil estabelecimentos dedicados à alimentação. Destes, 1.920 estão localizados na região central, entre os bairros da Sé, República e Consolação.

A quantidade de restaurantes se mostra relevante já que a região é ponto de partida, ou chegada para milhares de pessoas na cidade diariamente. Além disso, a região abriga monumentos históricos como o Pátio do Colégio, Memorial da Resistência e o Mosteiro de São Bento, e nos últimos anos vem passando por um processo de revitalização, atraindo novos moradores, estudantes e novas oportunidades de trabalho, sobretudo com os novos bares de restaurantes que ali chegaram.

E tem opções para todos os gostos. Desde casas que atraem um público mais jovem e descolado, passando por casas tradicionais, algumas há mais de 50 anos na região que mantém seu charme e relevância. Pensando nisso, a Menu preparou um roteiro com dez estabelecimentos da região central para você conhecer (ou revisitar). Experiência que pode ser feita a pé, apreciando a arquitetura da maior cidade da América Latina.

A casa do Porco

Porco SanZé é o prato mais emblemático do chef Jefferson Rueda (Foto: Divulgação)

Único representante brasileiro na mais recente lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, a casa comandada pelo chef Jefferson Rueda é um dos locais mais visitados da cidade. Um dos destaques é o menu degustação O porco é (R$ 129 por pessoa), que contempla pratos como o quibe cru, feito com carne de porco maturada, trigo, hommus de beterraba, hortelã, coalhada, cebola, pepino, rabanete, esferas de azeite e pó de gergelim com alho; o sushi de papada de porco com tucupi negro e alga nori e o porco SanZé, o prato mais emblemático de Rueda.

rua Araújo, 124 – Centro
(11) 3258-2578 – São Paulo – SP
acasadoporco.com.br
De segunda a sábado, das 12h à 0h. Domingo, das 12h às 17h.

Ama.zo

Cebiche y pulpo é uma das atrações do restaurante (Foto: Divulgação/Francine Nagata)

Localizado no jardim da centenária mansão Casa da Don’Anna, projeto do arquiteto paulistano Ramos de Azevedo, o espaço tem a proposta de oferecer uma viagem pela culinária peruana. Para isso, apresenta receitas como o cebiche y pulpo (R$ 52), preparado com peixe do dia, polvo na brasa e salsa acevichada de rocoto; e o arroz chaufa y panceta (R$ 38), que leva arroz salteado, vegetais e pancetta laqueada em molho teriyaki (R$38). O espaço conta ainda com uma carta de drinks, com opções como o chica sour (R$ 32), drink peruano à base de pisco, chicha morada e clara de ovo e o chilcano (R$32).

rua Guaianases, 1149 – Santa Cecília
(11) 99560-4321 – São Paulo – SP
@amazoperuano
De segunda a sexta, das 12h às 15h30. Sábado e domingo, das 1
2h às 16h30.

Bar do Cofre SubAstor

Casa oferece drinks autorais assinados por Fabio La Pietra (Foto: Divulgação/Carol Gherardi)

No subterrâneo do antigo Banco do Estado de São Paulo, onde estava instalado o cofre da instituição financeira, agora abriga o charmoso bar, que manteve as características originais com portas laterais de concreto e aço reforçado, mas com decoração é inspirada em estabelecimentos de Londres e Nova York. A carta de drinks assinada por Fabio La Pietra é o cartão de visitas, com elaborações como o the hidden (R$ 37), preparado com uísque, chá rooibos, vermouth tinto e bitter e o london high ball (R$ 19) é primeiro coquetel sem álcool da casa leva suco de pepino clarificado, água tônica e xarope de flor de sabugueiro. Para beliscar, a pedida é o escabeche do mar (R$ 29), servido com pão tostado, aioli e mistura de camarão, mariscos e lula. Recém-chegado, o crudités & homus do dia (R$ 33), apresenta seleção de legumes crus com homus e conserva, servido com pão pita, é a opção vegana da casa.

rua João Brícola, 24 – Centro
(11) 3101-1217 – São Paulo – SP
subastor.com.br/bardocofre
Quarta, das 17h à 1h (a confirmar nas redes sociais). Quinta e sexta, das 17h à 1h. Sábado, das 14h à 1h. Domingo, das 14h às 20h.

Bar da Dona Onça

Camarão com chuchu, arroz soltinho e farofa é um dos destaques do cardápio (Foto: Divulgação)

Aos pés do edifício Copan, um dos ícones da arquitetura paulistana, o bar foi inaugurado em 2008, pela chef Janaina Rueda. Uma das precursoras do movimento de reocupação da região central de São Paulo, Janaina apresenta um cardápio com inspiração familiar e na culinária popular brasileira. Destaque para o arroz de fígado com cebola crocante, pimenta-biquinho e ovo frito (R$ 59), e o camarão com chuchu servido com arroz soltinho e farofa (R$ 73).

avenida Ipiranga, 200 (CJ 27 e 29) – Centro
(11) 3257-2016 – São Paulo – SP
bardadonaonca.com.br
De segunda a quarta, das 12h às 23h30. De quinta a sábado, das 12h às 0h30. Domingo, das 12h às 17h.

Bia Hoi

À base de rolinhos papel de arroz fritos recheados, cha gio é opção de prato para compartilhar (Foto: Divulgação/Food Studio Brasil)

O boteco vietnamita tem como inspiração os bares de Hanói, capital do Vietnã. O chope que leva o nome da casa (R$ 11, 300 ml) é boa opção para acompanhar petiscos como o cha gio (R$ 27), rolinhos fritos e crocantes de papel de arroz recheados com lombo de porco, repolho, cenoura e cogumelos, acompanhados de nuoc cham, um molho picante e adocicado. Já o thit kho to (R$ 39), é preparado com cubos de filé-mignon suíno caramelizados em molho de leite de coco queimado e servido com arroz branco.

Rua Rego Freitas, 516 – Vila Buarque
(11) 3151-2508 – São Paulo – SP
biahoi.com.br
De terça a sexta, 12h às 14h30 e das 19h às 23h30; sábado. Sábado, das 12h às 17h e das 19h às 23h30. Domingo, das 12h30 às 17h.

Esther Rooftop

Alcatra como se faz em casa servida com abóbora assada e cebola roxa caramelizada (Foto: Divulgação/Leo Feltran)

A cobertura do edifício Esther oferece uma vista privilegiada da Praça da República, um dos cartões-postais de São Paulo. Além disso, o local abriga o restaurante inaugurado há três anos pelo chef e apresentador francês Olivier Anquier. Já o cardápio, é assinado por Benoit Mathurin, que apresenta pratos como o camembert empanado e assado no forno (R$ 54), servido sobre salada de ervas frescas aromáticas e compota de damasco, a alcatra como se faz em casa (R$ 84), servida com molho de vinho tinto reduzido especial da casa, acompanhada de meia-lua de abóbora assada e cebola roxa caramelizada.

Rua Basílio da Gama, 29 (11o andar) – República
(11) 3256-1009 – – São Paulo – SP
facebook.com/estherrooftop
De segunda a quinta, das 11h30 às 15h e 18h às 23h. Sexta, das 11h30 às 15h e das 18h às 00h. Sábado, das 11h30 às 00h. Domingo, das 11h30 às 17h.

Fôrno

Sanduíche de pastrami é um dos pratos de maior sucesso (Foto: Divulgação/Rogério Gomes)

Uma das atrações do circuito gastronômico da Consolação, a casa especializada em pizzas e sanduíches, oferece pratos elaborados pelo chef Filipe Fernandes, como o pastrami sandwich (R$ 52), que leva pão de fermentação natural, pastrami da casa, maionese de mostarda e picles de pepino. Entre as pizzas, uma das sugestões é a pesto caprese (R$ 40), preparada com pesto de manjericão, tomate, burrata, basílico e tapenade de azeitona preta.

rua Cunha Horta, 70, Consolação
(11) 2645 9499 – São Paulo – SP
fornosp.com.br
De terça à quinta, das 12h às 16h e das 19h às 00h. Sexta, das 12h às 16h e das 19h às 01h.

Ponto Chic

Chic futuro é uma das novas apostas da histórica lanchonete (Foto: Divulgação)

Inaugurada em 1922, a lanchonete é um marco na gastronomia paulistana, conhecida nacionalmente por seu bauru ao Ponto Chic (R$ 26,90). O icônico sanduíche, preparado com pão francês com finas fatias de rosbife, tomate em rodelas, pepino em conserva e uma mistura de quatro tipos de queijos fundidos, surgiu em 1937 em homenagem a um estudante de direito que tinha o apelido de Bauru, cidade do interior paulista onde nasceu. Uma das novidades do cardápio do restaurante é o sanduíche chic futuro (R$ 26,90), à base de hambúrguer 100% vegetal, mistura de queijos à moda da casa, salada de alface, tomate e maionese. Outra sugestão é o obelisco burger (R$ 33,46), feito com hambúrguer artesanal bovino, pasta de gorgonzola, bacon crocante, cebolas empanadas, alface, tomate e maionese.

largo do Paissandu, 27 – Centro
(11) 3222-6528 – São Paulo – SP
pontochic.com.br
De segunda a sábado, das 12h às 20h.

Sertó

Drink amuleto leva de gim, aroeira e balsâmico (Foto: Divulgação)

Um dos pontos de encontro na região central, o bar aposta em drinks autorais e pratos para compartilhar. Durante o mês de setembro, o bar serve seleção de drinks assinados pela mixologista Néli Pereira, como o amuleto (R$ 36), à base de gim, aroeira e balsâmico. Já para petiscar, o chef Marcelo Magaldi oferece opções como o ora bolas (R$ 29), porção com bolinhos de mandioca, carne seca, banana-da-terra, queijo palmira e geleia de pimenta.

rua Major Sertório, 104 – Centro
(11) 3231-5422 – São Paulo – SP
@serto.sp
De segunda a sábado, das 12h às 15h e das 18h à 0h.

Z Deli

Jr burger é um dos pratos clássicos da lanchonete (Foto: Divulgação)

A lanchonete é uma das mais conhecidas da cidade e suas unidades estão sempre com boa presença do público. A casa oferece sanduíches caprichados, como o jr burger (R$ 28), preparado com pão de hambúrger, dois discos de carne de 90 g, queijo tipo americano, cebola, picles e molho especial. Para acompanhar, sugestões como as pastrami fries (R$ 32), à base de batatas fritas com cascas, pastrami, queijo fundido, creme azedo e cebolinha. A partir de outubro, a lanchonete passa a oferecer o philly cheesesteak (R$ 35), feito com roast beef em tiras, cebola, jalapenos, queijo prato e fundio e sour cream, servido no pão roll.

rua Bento Freitas, 314 – República
(11) 3129-3162 – São Paulo – SP
facebook.com/zdelisandwiches
De segunda a sexta, das 12h à 0h. Sexta e sábado, das 12h à 2h.