Cultura

Restaurante de Roma é criticado por turistas após cobrar quase R$ 2 mil por uma refeição

Turista postou foto nas redes sociais com o valor da conta, considerado abusivo (Foto: Reprodução/Minh Ngoc Bui)

da redação da Menu

Um restaurante de Roma foi alvo de reclamações de turistas, após dois clientes japoneses afirmarem ter recebido uma conta de 430 euros (cerca de R$ 1.944), por dois pratos de espaguete, peixe e água.

Segundo a CNN, uma foto da conta do restaurante Antico Caffè di Marte, circulou nas redes sociais em setembro, e logo viralizou. Além do total de 349,50 euros (R$ 1.580) para alimentação, os turistas pagaram 80 euros (R$ 361) extras pela gorjeta. Outros clientes também se manifestaram, afirmando que foram lesados pelo restaurante.

A vietnamita Minh Ngoc Bui disse que foi ao Antico Caffè em 27 de agosto, junto três amigos. Segundo ela, o garçom sugeriu o prato “frutos do mar-peixe misto” do cardápio, com valor de de 6,5 euros (R$ 24,90) por 100 gramas.

“Mas eles nos trouxeram apenas um prato de peixe misto, com cerca de 2 kg”, disse ela, que não escondeu a surpresa ao receber um prato com uma quantidade de comida acima do que esperava.

“Foi nosso último dia na Itália, então dissemos a nós mesmos que estava tudo bem. Concordei em pagar entre 130 e 150 euros (R$ 587 e R$ 678) por esse prato de peixe”.

Quando a conta chegou, o grupo foi convidado a pagar 4,8 kg de peixe misto a um custo de 315 euros (R$ 1424). Adicionando 40 euros (R$ 180) de taxa de serviço e 40 euros (R$ 180) pela gorjeta, a conta total foi de 476,40 euros (R$ 2.154).

“Nós reclamamos. Eles não anunciaram claramente sobre essa regra no cardápio. Mas disseram que o serviço e a gorjeta eram as regras e realmente comemos muito “, disse a turista. Eles tentaram denunciar o restaurante à polícia, mas as autoridades disseram que eles deveriam ter telefonado antes do pagamento.

A direção Antico Caffè di Marte respondeu às críticas desencadeadas pela conta dos turistas, dizendo que o menu “é claro”, de acordo com um comunicado publicado pelo jornal italiano Il Messaggero .

“Tudo está escrito em detalhes, basta olhar para os preços: 16 euros (R$ 72)  no máximo por um espaguete com frutos do mar”, disse Giacomo Jin, proprietário, segundo o jornal.

“Para pagar esse valor, as meninas pediram não apenas espaguete, mas também peixe. Por outro lado, nosso peixe é fresco: o cliente o pega no balcão, depois ele é pesado e cozinhado”, alegou.

No que diz respeito à gorjeta, Jin disse que a contribuição é voluntária e que o cliente podia escolher entre 10 e 20% do valor total.