Acontece

Carnes e parrilla: a tradição portenha ao lado da inovação

por Esther Morel

Se tem uma palavra que define bem o orgulho gastronômico em Buenos Aires é parrilla.

Sempre feita com brasas de lenha, ao invés de carvão, e com o fogo localizado ao lado ou ao fundo, a técnica é típica da Argentina e do Uruguai, além de ser bem conhecida e replicada no extremo sul do Brasil. Ela permite que a grelha na qual o alimento será preparado tenha diferentes zonas de temperaturas, além de permitir que a gordura da carne pingue à vontade, sem que o fogo levante.

Apesar de ser utilizada majoritariamente para o preparo de carnes, a parrilla vai além do tradicional em estabelecimentos que fazem sucesso, seja pela maestria na hora de aplicar a técnica, seja pela união de novos elementos e ingredientes para levar os pratos a outro patamar.

Confira três restaurantes que honram esses pré-requisitos mantendo estilos bastante diferentes entre si.

Don Julio
Niño Gordo
Nuestro Secreto

* A jornalista viajou a convite de Entidade de Turismo de Buenos Aires e Latam