Acontece

Em sua primeira edição, Cachaça Show Brasil aborda o universo do destilado no país

Evento reuniu profissionais e especialista em cachaça (Foto: Divulgação/ João Manuel/Bares SP)

por Rogério Santos

Foi realizado no dia 15 de outubro na sede da Abrasel-SP (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), em São Paulo, a primeira edição do Cachaça Show Brasil, evento voltado ao fomento da cachaça em bares e restaurantes. O evento foi idealização pela instituição, e realizado em conjunto com o IBRAC (Instituto Brasileiro da Cachaça) e o guia gastronômico Bares SP.

O evento reuniu profissionais do setor, empresários e amantes do destilado mais famoso do Brasil. O objetivo foi dialogar sobre o universo da bebida, através de cases de bares que comercializam cachaça, degustação de marcas, e palestras com especialistas, que abordaram temas como história da cachaça, tributação, treinamento de pessoal, harmonização, e elaboração de drinks.

Entre os palestrantes, nomes como Paulo Leite, consultor e especialista em cachaças e cervejas; Lilian Varella, responsável pelo bar Drosophyla; e o bartender Laércio Zulu, entre outros.

“Nosso intuito é discutir a cultura e o mercado da cachaça nos bares e restaurantes, que são replicadores e influenciadores. Desta forma, diminuímos cada vez mais o preconceito e aproximamos os consumidores desta bebida tão versátil”, disse Percival Maricato, presidente da Abrasel-SP.

Segundo dados do IBRAC e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, há 1.397 estabelecimentos produtores de cachaça e da Aguardente no Brasil, que são responsáveis por 5.490 produtos, distribuídos em 835 municípios, com capacidade instalada de produção de 1,2 bilhão de litros.

 “A Cachaça é hoje o destilado mais consumido no Brasil e um dos quatro destilados mais consumidos em todo mundo. A versatilidade da bebida na coquetelaria vem se mostrando igual a de grandes destilados, como a vodca, o gin ou o rum”, afirma Carlos Lima, diretor executivo do IBRAC, fonte oficial do setor para assuntos do segmento.

Para ele, apesar de sua relevância, a cachaça ainda é desconhecida pela grande maioria dos brasileiros. Por isso, a importância do evento, que é mostrar para o público de bares e restaurantes as potencialidades e riquezas da bebida.