Comidas

Atum de 276 kg é vendido por US$ 1,8 milhão no Japão

O atum bluefin é o mais valorizado do mundo, especialmente pelos chefs japoneses (crédito: iStock)

Um atum bluefin de 276 kg foi vendido por US$ 1,8 milhão no mercado de peixes de Toyosu, em Tóquio (Japão) – ou cerca de US$ 6.350 por quilo do produto. O exemplar vendido nesta terça-feira foi capturado na costa japonesa e o vencedor do leilão foi Kiyoshi Kimura, dono da rede de restaurantes de sushi Sushizanmai.

É a segunda vez que Kimura desembolsa altas quantias para conseguir um espécime desse atum. No ano passado, o dono de restaurantes pagou US$ 3,1 milhão por outro exemplar desse peixe, o valor mais alto registrado pela iguaria.

+ Saiba mais sobre o mercado de peixes Toyosu
+ Aprenda como escolher um bom peixe
+ Atum é vendido por R$ 3,5 milhões no Japão

O atum bluefin, também chamado de atum-rabilho, é bastante diferente do peixe enlatado e até mesmo dos peixes frescos vendidos em mercados comuns. Ele é o maior atum que existe, podendo chegar a 3 metros de comprimento, alcançar cerca de 700 kg e viver até 40 anos.

Para os japoneses, que o chamam de otoro, sua consistência cremosa, marcada por uma alta quantidade de gordura, é inigualável, motivo pelo peixe ser tão valorizado por lá.