Noticias

Restaurante de Paul Bocuse perde terceira estrela Michelin

O restaurante Paul Bocuse, em Lyon, na França (Foto: iStock)

O restaurante Paul Bocuse, um dos mais prestigiados da França, perdeu sua terceira estrela na edição 2020 do Guia Michelin.

O estabelecimento ostentava as cobiçadas três estrelas Michelin desde 1965 e, até então, não havia registrado queda em sua qualidade.

+Morte de Roger Jaloux, braço-direito de Paul Bocuse, repercute no mundo todo
+Morre aos 91 anos o lendário chef Paul Bocuse
+“Trabalhar como se fosse chegar aos 100, viver como se fosse morrer amanhã”, esse era o lema de Bocuse

A morte de Bocuse, em janeiro de 2018, foi um dos motivos para que o restaurante tenha agora duas estrelas no Michelin, o mais importante guia de gastronomia do mundo. Ele morreu em decorrência de mal de Parkinson aos 91 anos.

Bocuse é considerado um dos papas da cozinha moderna. Ele foi um dos criadores da nouvelle cuisine, movimento iniciado na década de 1970 e que revolucionou a gastronomia mundial.

Outros feitos de Bocuse foram a criação da escola de culinária Institut Paul Bocuse em 1990 e o Sirha, uma das feiras de gastronomia e hotelaria mais importantes do mundo, que acontece a cada dois anos em Lyon.

O Sirha também é cenário do Bocuse d’Or, um dos mais emblemáticos concursos para jovens chefs.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana