Noticias

Festival vende 800 kg de sardinha portuguesa por edição

Sardinha do festival vem de Setúbal, Nazaré e Matosinhos, regiões praianas de Portugal (Foto: iStock)

Sardinha na brasa é uma tradição portuguesa, com certeza. Em 2011, ela foi eleita pelos próprios portugueses como uma das 7 Maravilhas da Gastronomia do país, ao lado de outras iguarias, como as alheiras de Mirandela, o queijo da Serra da Estrela, o arroz de marisco, o leitão da Bairrada e o pastel de Belém.

Em São Paulo, o restaurante Rancho Português organiza desde 2014 o Festival da Sardinha na Brasa, onde os peixes são preparados como manda a receita original, ou seja, apenas com bastante sal grosso e azeite.

+O consagrado bacalhau
+Inspirados na doçaria portuguesa, doces brasileiros ganharam nomes “sentimentais”
+Mudanças climáticas ameaçam tradicional prato britânico

“Nossa sardinha vem de Setúbal, Nazaré e Matosinhos, regiões praianas de Portugal. São assadas na calçada e servidas por cimas da broa de milho”, conta Valdeci Castro, gerente do Rancho Português.

Realizado apenas em meses ímpares, o festival está em sua 27ª edição e, em média, são vendidos 800 kg de sardinhas durante o evento. “Vem gente de outros Estados conhecer, como Pernambuco e Rio de Janeiro, onde a colônia portuguesa é fortemente presente”, acrescenta Castro.

Para quem quiser conhecer o prato – ou então matar a saudade –, a casa servirá amanhã sardinhas na brasa com broa de milho e batatas ao murro à vontade, pelo preço fixo de R$ 89 por pessoa. No valor também está incluída meia garrafa de vinho português da casa (375 ml, tinto ou branco).

Rancho Português
Avenida dos Bandeirantes, 1051, Vila Olímpia, São Paulo
(11) 2639-2077
Segunda à quinta, das 12h às 23h
Sexta e sábado, das 12h à 0h
Domingo, das 12h às 18h