Bebida

Uísque japonês envelhecido por 55 anos será vendido por US$ 30 mil

Foto: Divulgação

da redação da Menu

Com apenas 50 garrafas produzidas pela Suntory, o uísque japonês Yamazaki 50, envelhecido por 50 anos, chegou a ser vendido em um leilão em Hong Kong, em 2018, por mais de US$ 343 mil.

O novo uísque da série, o Yamazaki 55, a princípio, não quebrará esse recorde, mas será tão exclusivo quanto. Apenas 100 garrafas da bebida serão vendidas, ao preço de 3,3 milhões de ienes, incluindo os impostos (cerca de US$ 30 mil).

+Coleção de uísque japonês é arrematada em leilão por R$ 3,7 milhões
+Maior coleção particular de uísque escocês será leiloada e pode render R$ 43,5 milhões
+Cientistas desenvolvem língua artificial para verificar falsificação de uísque

E conseguir comprar uma destas garrafas será uma questão, literalmente, de sorte. Isso porque a empresa organizará uma loteria em junho apenas para quem tiver endereço fixo no Japão.

Somente os 100 primeiros sorteados terão a oportunidade de levar o uísque para casa. Caso haja desistências, será realizado um novo sorteio.

Segundo Shinji Fukuyo, master distiller da Suntory, a maioria dos uísques muda pouco após 30 anos de envelhecimento.

Para conseguir um resultado diferente, Fukuyo explicou que os barris eram periodicamente movidos para áreas mais frias da destilaria, a fim de retardar o processo de amadurecimento.

Terceira maior produtora de uísques do mundo, a Suntory tem em seu portfólio outros uísques japoneses disputados (e, felizmente, mais baratos), como o Hakushu 12 e o Hibiki 17. A empresa também é dona das marcas Jim Beam e Maker’s Mark.