Noticias

Faturamento de restaurantes de SP cai até 50% no carnaval

Restaurantes na região da Vila Madalena chegam a ter prejuízo de 50% (Foto: iStock)

da redação da Menu

Carnaval é tempo de festa e alegria para cada vez mais gente em São Paulo. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, o evento deve atrair 15 milhões de pessoas aos blocos e outros eventos e movimentar cerca de R$ 2,6 bilhões entre os dias 15 de fevereiro (o pré-carnaval) e o fim da festa.

Para os restaurantes da cidade, porém, a perspectiva não é tão animadora. De acordo com pesquisa realizada pela filial de São Paulo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-SP), os donos de estabelecimentos paulistanos esperam queda no faturamento no período.

+Carnaval de sabores: boa comida para comemorar
+Escola de samba de São Paulo terá a cerveja como enredo no carnaval 2020
+Confira dicas e receitas para o pós-carnaval

De acordo com a pesquisa, os bares e restaurantes localizados nas rotas dos blocos são os mais prejudicados. A estimativa é de que o faturamento dos bares caia em média 30%, isso no período pré-carnaval.

Nos estabelecimentos localizados na Vila Madalena, no entanto, o prejuízo pode ser de 40%. E, durante os cinco dias de festa, a queda nas vendas pode chegar a 50%, mesmo índice registrado em 2019.

Entre os motivos apontados pela pesquisa para a queda no faturamento estão os ambulantes, que concorrem vendendo comidas e bebidas, e os supermercados, onde muitas pessoas passam para comprar cerveja.

As viagens no feriado e as ruas interditadas, que impedem que os clientes cheguem aos bares e restaurantes, também aparecem como outros motivos que causam transtornos aos estabelecimentos.

“Os estabelecimentos na rota dos blocos são prejudicados pelo número excessivo de ambulantes”, afirma Percival Maricato, presidente da Abrasel-SP. Segundo ele, é necessário que seja feita uma nálise mais criteriosa dos roteiros dos blocos, com menos bloqueios das ruas.

Por outro lado, as casas que estão afastadas dos blocos de carnaval podem ter bons resultados. Nesse caso, o faturamento pode aumentar entre 10% a 20% durante o período, principalmente por causa do fluxo de turistas. Já os bares que promovem eventos e estão próximos dos blocos costumam ganhar acima do previsto.