Noticias

Coronavírus pode reduzir produção mundial de Diet Coke

Foto: iStock

da redação da Menu

Diferentes setores da economia estão sentindo os efeitos da disseminação do coronavírus pelo mundo, especialmente aqueles que dependem de produtos e insumos fabricados na China – o que não é pouca coisa.

E uma das companhias que já começam a ser afetadas é a Coca-Cola, que pode ter sua produção de Diet Coke e de outras bebidas sem açúcar comprometida, já que uma quantidade considerável dos adoçantes usados nessas bebidas vem de empresas chinesas.

+ONG cozinha para passageiros em quarentena por coronavírus
+Britânico diz que se curou do coronavírus bebendo uísque
+Buscas mostram confusão com cerveja Corona e coronavírus

Segundo um relatório divulgado no começo desta semana, a entrega dos adoçantes já está sofrendo atrasos, mas a empresa pretende contornar o problema recorrendo a outros fornecedores. Caso a situação não se resolva logo, porém, a Coca-Cola prevê uma diminuição na produção das bebidas sem açúcar.

Apesar de estimar vendas menores no primeiro trimestre, a empresa espera que a situação se normalize logo e não prejudique o faturamento para 2020.