Noticias

Coronavírus faz americanos estocarem feijões e energéticos

Foto: iStock

da redação da Menu

Temendo uma grande epidemia de coronavírus, consumidores nos Estados Unidos estão estocando feijões, bebidas energéticas e outros alimentos industrializados, segundo uma reportagem do canal de notícias CNBC.

De acordo com levantamento feito pela empresa de pesquisas Nielsen, as vendas de feijões aumentaram 13% na semana termina em 22 de fevereiro, enquanto as vendas de energéticos subiram 10%.

+Britânico diz que se curou do coronavírus bebendo uísque
+Coronavírus pode reduzir produção mundial de Diet Coke
+Buscas mostram confusão com cerveja Corona e coronavírus

A procura por produtos como pretzels, barras de cereais e snacks feitos com frutas também cresceu significativamente, de acordo com a pesquisa. Já produtos de higiene pessoal e máscaras para o rosto praticamente desapareceram das prateleiras.

Segundo Scott McKenzie, diretor de pesquisas da Nielsen, o comportamento dos consumidores é semelhante ao de eventos como furacões, em que as pessoas se preparam para passar vários dias sem sair de casa.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana