Bebida

Corona perdeu US$ 170 milhões por causa do coronavírus

Vendas ficaram abaixo do esperado na China (Foto: iStock)

da redação da Menu

A epidemia de coronavírus já causou um prejuízo de cerca de US$ 170 milhões (cerca de R$ 776 milhões) à cervejaria Corona, informou a AB Inbev, empresa que produz a bebida e também é dona da brasileira Ambev, segundo a rede de notícias CNBC. De acordo com a empresa, é o pior trimestre financeiro da marca em uma década.

Entre os motivos estão as vendas muito abaixo do esperado no mercado chinês, epicentro da doença – a empresa esperava um aumento no consumo de cervejas durante a celebração do Ano Novo na China, o que não aconteceu, pois muitos bares fecharam e as pessoas não saíram de casa.

+Buscas mostram confusão com cerveja Corona e coronavírus
+Britânico diz que se curou do coronavírus bebendo uísque
+Coronavírus pode reduzir produção mundial de Diet Coke

Além disso, a cerveja tem sido evitada por consumidores que associam a marca Corona com o coronavírus, especialmente nos Estados Unidos.

A AB Inbev não é a única companhia de bebidas alcoólicas tendo prejuízos por causa da epidemia. Na semana passada, a Diageo, maior produtora de destilados do mundo, informou que o lucro anual pode sofrer uma queda de até US$ 258 milhões (R$ 1,18 bilhão) por causa do coronavírus.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana