Noticias

Itália fecha bares e restaurantes por causa do coronavírus

Bares e restaurantes ficarão fechados por 14 dias (Foto: iStock)

da redação da Menu

Dois dias depois de ter declarado quarentena em todo o país por causa do coronavírus, a Itália decidiu fechar todos os bares, cafés, restaurantes e outros comércios “não-essenciais” por 14 dias. De acordo com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, apenas supermercados, lojas de conveniência, farmácias e outros serviços essenciais ficarão abertos.

Vários restaurantes na Itália, porém, já estavam fechados antes do anúncio ser feito, por falta de clientes e também para evitar o contágio pelo coronavírus. Até o momento, cerca de 12 mil casos do covid-19 foram registrados no país, sendo que a região norte é a mais afetada.

Coronavírus não é transmitido por alimentos, diz agência europeia
Feira da Foda em Portugal é cancelada por causa do coronavírus
Por coronavírus, paradas de St. Patrick são canceladas

O fechamento cria um problema para muitos trabalhadores do setor, já que muitos ganham por hora ou dia trabalhado e não serão remunerados no período que os estabelecimentos estiverem fechados.

Além disso, a previsão é de que o movimento só volte ao normal bem depois do período de 14 dias estipulado pelo governo, principalmente por causa do turismo – alguns esperam que a situação só se normalize em abril.

Como aconteceu em outros países atingidos pela pandemia, preconceito e desinformação estão prejudicando principalmente os restaurantes chineses, que desde fevereiro estão perdendo clientes.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana