Noticias

Brasileiro doa estoque de comida de seus restaurantes em Paris

Foto: iStock

da redação da Menu

No último domingo, o governo francês determinou que bares restaurantes e outros comércios não-essenciais fiquem fechados, para tentar contar a propagação do coronavírus no país.

A decisão já era esperada e fez com que vários estabelecimentos decidissem doar seus estoques de alimentos antes do anúncio oficial, entre eles a rede de restaurantes Boteco, com três endereços em Paris, informa reportagem da Radio France Internationale (RFI).

+França e Espanha fecham bares e restaurantes por 14 dias
+Movimento em restaurantes de SP cai até 50% por coronavírus
+Delivery é aposta para conter prejuízos do coronavírus

O carioca Ricardo Lopes, proprietário da rede, afirmou ter doado 20 kg de peixe no fim de semana. Também foram doados cerca de 500 ovos, 10 kg de queijo e 60 litros de leite.

“Não sobrou nada, o que os sem-teto não puderam buscar, enviamos para uma associação. O que sobrou, distribuímos entre os funcionários”, afirmou Lopes à RFI. Para ele, “prejuízo não é doar, é ter que jogar fora”, que agora está preocupado em garantir o emprego dos funcionários

Agora, explica Lopes, seus colaboradores são considerados “desempregados técnicos”. Isso quer dizer que o empresário paga uma parte do salário integral dos trabalhadores enquanto os restaurantes estiverem fechados. Quando os pontos reabrirem, o governo reembolsa o valor gasto nesse período.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana